entre um princípio


Corredor é um espaço que fica entre um princípio e o outro exactamente igual a si.
Nas casas antigas desnorteadas onde tudo está mas já se foi embora, as salas são quartos de vestir onde aqueles que partiram não estão, mas despem-se todas as noites de um pedaço de nós.
Se tiverem saudades acendem a luz do início dos tempos e riem-se quando tropeçamos nos tapetes, porque eles sabem de cor aquilo que nós ainda não aprendemos ou não saberemos nunca. Dos armários e das cristaleiras soltam-se os sons das músicas impensáveis em copos da loja da esquina do shopping, que tem loja e esquina e até tem praças e árvores a fingir e bancos de jardim sem jardim e velhos especados esquecidos da torrada que arrefece e do chá fraco que aquece.
E depois as portas. Podem-se fechar e abrir, encostar, escancarar, bater com força ou devagar. Serão inteligentes como as luzes e quando como elas, reconhecerem a nossa voz, há sempre a possibilidade de nos entalarem se por um acaso estivermos roucos e a garganta nos doer.
Também nos colamos ao automatismo das coisas e o caminho de casa que é sempre o mesmo, passa pelo mar ou pela viagem desejada, pelo diálogo com a pessoa amada e os nossos pés não se enganam na travessia das ruas, param e avançam nos sinais de trânsito e nos outros que nos alertam para a perigosidade de uma poça de água ou para o rapaz indesejado que gosta de nos roubar a carteira.
É tão real estarmos acordados como dissentidos de sentidos, numa harmonia factual comprovadamente nossa, íntima, ínfima, parte de um universo interno, secreto, despojado.

E nesse corredor canta um pássaro sendo noite e é tão certa a imperfeição humana como humana a voz de Deus.



fotos de mb

20 comentários:

. intemporal . disse...

.

s
i
m
p
l
e
s
.mente .
p
e
r
f
e
i
t
o
. e não sei dizer mais nada, tal a comoção .

.

.

. um . dois e três íssimos ,

.

. paulo .

.

. re.volto quando conseguir dizer ... .

.

Jaime Latino Ferreira disse...

SEM PRINCÍPIO NEM FIM



E nesse corredor
cantando o pássaro
à perfeição de Deus
infunde
na perfeita imperfeição
de cada um de nós


Um beijo


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 12 de Outubro de 2010

Maria João disse...

Passo a passo, sigo segura ou tropeçando, pensando que nesse corredor fundo, o principio será sempre o meu começo e assim recomeço.
Entro na sala que é quarto onde me visto e nos odores do tempo que inalo, a bengala que preciso. Sei dos passos que me levam à janela e pousar os cotovelos no beiral e daí ver entrar outro sol no desenho das cortinas de renda. E fico assim, espantada com a mão Deus a guiar a minha.
E grata sou sempre, por isso!
Também a si, Manuela
Um beijinho

BRANCAMAR disse...

Perfeito Manuela!
Mesmo!
Entrei com esta simples frase na cabeça e acrescento que é o dizer perfeito das nossas rotinas, das nossas imperfeições e da nossa vontade de as quebrar pela mão de Deus.

Beijo
Branca

Dulce AC disse...

DESCANSO ACORDADA

na voz de um passáro
canto da alma
descanso acordada
ansiando na noite
sentir a voz de Deus

que me acalma

Lindíssimo Manuela.
Num olá um beijinho amigo.

dulce

walter disse...

Manuela

deste conto que nos toca no mais fundo de nós, aconchego-me à perfeição das palavras, e reflicto

eu aceito a inperfeição das minhas asas, do meu canto...

a última frase guardo-a num bilhetinho, posso?

"E nesse corredor canta um pássaro e é tão certa a imperfeição humana como humana a Voz de Deus."

perfeitíssimo Manuela!

um beijo

disse...

...

e, ainda + um beijinho onde os pássaros de todas as cores inventam um canto com asas...

mto bonito como sempre...

beijinho

Linda Simões disse...

..."onde tudo está mas se foi embora..."

É incrível como tu consegues dizer exatamente o que gostaríamos de dizer...

É mesmo assim...


Um beijinho de saudade,que aumenta cada vez que venho aqui.


Linda Simões

Graça Pereira disse...

A luz dói á sombra e olhamos as nossas imperfeições. Retiramos a máscara e descobrimos o nosso olhar inquieto, a ambiguidade dos gestos,a mentira das raízes. Por isso, a sombra em bicos de pés e com subtis artimanhas repele a luz.
É esta a nossa dialéctica quotidiana.
Beijo
Graça

Ana Martins disse...

Boa tarde Manuela,
deixou-me sem palavras para comentar perante a beleza deste texto.

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Graça Pires disse...

Sem motivo aparente o silêncio devassa o interior das casas e ninguém sabe de onde vem o fascínio que nos cola a esse chão.
Um texto ecelente. Sendo noite vou ouvir o pássaro cantar...
Um beijo, Manuela

AC disse...

Manuela,
É essa harmonia íntima e ínfima que interessa preservar e cultivar, pois é nela que somos alquimistas do (im)possível.

Beijo :)

São disse...

Gostei imenso do texto, sabe?
Tudo de bom.


rrs não gosto é das letras de verificação, rrs

alegria de viver disse...

Querida amiga

Obrigada pelas palavras de conforto.
Sou uma pessoa que gosta de cuidar de todos, me sinto meio mãezona.
Sei também que isso quer dizer control. Mas já estou trabalhando para mudar, não muito, gosto de dar carinho e receber lógico, isso é amor.
Amiga acho que estou nesse corredor sem saber para que lado correr.
Vou encontrar a saída.

Com muito carinho e feliz por ter encontrado pessoas maravilhosas, amigos do coração. BJS.

Por toda minha Vida disse...

Nesses corredores que nos encontramos para novamente nos perder.
Nada o que disser caberá a este lindo texto, palavras perfeitas e bem colocadas, emoção como sempre digo você é doce Manu, escritora completa.

Renata

JB disse...

E termos noção dessa imperfeição é talvez percorrermos metade desse corredor "onde tudo está", onde há portas que sempre podemos abrir, onde há sons que sempre nos podem apaziguar, onde há mistérios que tentaremos sempre desvendar, pois a vida poderia ser um corredor," um espaço que fica entre um princípio e o outro exactamente igual a si."...

Beijinhos

Fluzão Eterno disse...

Tenho um blog sobre curiosidades e gostaria de saber de você se haveria a possibilidade de você me ajudar
colocando o link do meu blog no seu e eu faria o mesmo com o seu,meu nome é Luciano e sou Bombeiro Militar
no Rio de Janeiro,
parabéns pelo trabalho que vem fazendo com seu blog e fico aguardadando sua resposta

Curiosidades
http://centraldascuriosidade.blogspot.com/

Tenho um blog também sobre bombeiros
Vida de bombeiro
http://www.heroisdavida.blogspot.com/

Mensagens e poemas:
Mensagens
http://centraldoamorvirtual.blogspot.com/

Meu time de coração,Fluminense:
Fluzão
http://fluzaoeterno.blogspot.com/

Visite os meus blogs e veja se pode me ajudar colocando o link de algum deles no seu,um abração

Caso tenha interesse entre em contato comigo pelo email lmturl@gmail.com,mandando mensagem em qualquer blog meu
ou pelo orkut http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=ls&uid=5076013500225631247

MSN; bombeiro_dorio@hotmail.com

manuela baptista disse...

um abraço a todos!

manuela

. intemporal . disse...

.

. um corredor pode ser uma chaminé .

.

. ascendente e/ou des.cendente .

.

. uma prece . uma ascese . crente .

.

. por isso arde e ardo . pardo .

.

.

. íssimos em tríptico .

.

.

. paulo .

.

manuela baptista disse...

e que corredor de vento o trouxe

aqui
no silêncio

espaço onde habitam as chaminés, por onde desliza quando muito bem quer

o menino Jesus, era assim que eu acreditava

e acredito ainda, Paulo?

um beijo

manuela