breve


folha galho a suspensa indiferença a ausência a imperfeição
recontar contamos sempre não damos por isso damos outra coisa qualquer ou não damos nada
exacerbado é um pensamento leve
pesado é o sapato que estala e entala o castanho do dia
as atapetadas ruas e praças onde o cheiro do vento deposita um luzeiro de pássaros



folhas imperfeitas de mb
-


breve é o instante de lápis fugidio um desajeito de ave desenhado
folha.pássaro feito riso
-
folha reencontrada em pássaro da f@

33 comentários:

Filomena disse...

Manuela,

É o Outono em toda a sua plenitude



Depois de um longo silêncio
um breve mas sentido beijo


Filomena

© Piedade Araújo Sol disse...

que delícia...eu acho que soube ler a foto (nada imperfeita) e as palavars fluiram.

muito bonito Manuela

bom fim de semana!

um beij

JB disse...

São estas cores que enaltecem o Outono, um artista, maestro nesta tela que delicia o olhar e enfeita os caminhos melódicos dos seres...

Muito bonito, manuela!

Beijinhos

Glorinha L de Lion disse...

Olá Manuela, saudades de vir aqui...e o que encontro? Como sempre, belíssimo poema, fotos, puro encanto!
Beijos, bom fim de semana!

Jaime Latino Ferreira disse...

PENSAMENTO


Exacerbado é o pensamento leve
a menos que consigo leve
uma prece
que em si tece

Como cabelo grisalho
folha suspensa de um galho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 16 de Outubro de 2010

disse...

Pássaros e outros bichinhos com asas…

Pirilampos a preparar as árvores para um dia de festa…
®econtar os contos mais leves que o pensamento a bailar como folha ao vento…

esse que transporta os piu puis de asas abertas ao perfume das folhas
as ruas que encolhem os passos…

Levas um passarinho com olhos e patas… para um domingo leve e pleno….

beijinhossssssssssssss

Beatriz disse...

Oi Manuela
Concordo. Imperfeição realmente não existe na natureza...Quantas coisas belas estão a cair bem em nossa frente e nem percebemos, pois estamos sempre tão apressados, passando ao largo pela vida...e perdendo (o) tempo que verdadeiramente importa!
Beijinhos,
Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com

BRANCAMAR disse...

Manuela,

Mas quanta psicologia em texto tão breve, quanta perfeição nas folhas imperfeitas que o não são.

Profundíssima a mensagem, não preciso comentá-la porque só sei reflecti-la e diz tanto, mas tanto...

Breve e loucamente tocante!
Beijos

AC disse...

um olhar
um vislumbre
uma quase natureza morta
salva pelo cheiro do vento...
será que há dias acastanhados?

beijo :)

contagotas disse...

Manuela, são lindas as suas fotos. Cores de Outono, texto imtemporal. Perfeita a ligação.

Beijos em tons de castanho
MariaIvone

walter disse...

dentro do meu peito estalam as palavras, como estala o ouro da mais perfeita das manhãs de outono ao ser beijada pelos primeiros raios de luz..

breve mas perfeito este outono!

um beijo, Manuela!

Walter

. intemporal . disse...

.

.

a ser do vento um breve rasgar do tempo
a ser do mundo um efémero segundo um momento
a ser dos ares das massas um leve bater de asas
a ser vapor o odor que declina as vidraças
a ser calor o fulgor que por amor é talento
a ser do ser que sem dever e só por ser é alento
a ser do prazo o despiste a favor do tempo que invento
a ser o passo por onde desde cedo passas
a ser o corpo chão onde o pão amassas
a ser bafejo onde repousas as estrelas lassas
a ser a vida avenida de todas as praças

.

.

. um .

.

. dois .

.

. três .

.

.

. íssimos em xi.coração .

.

. paulo .

.

São disse...

As fotos estão muito bonitas e do texto também gostei...

Uma boa semana

Das letras de verificação e´que não gosto nada, rrss

Naty e Carlos disse...

Diz uma lenda chinesa que amizades verdadeiras são como árvores de raízes profundas: nenhuma tempestade consegue arrancar."
DESEJO-TE UMA SEMANA ABENÇOADA
BJS COM CARINHO

alegria de viver disse...

Olá querida

Como é bela e perfeita a natureza, nos dá todos os dias uma mensagem de equilíbrio.

Querida, tenha uma linda semana.

Com muito carinho BJS.

Dulce AC disse...

folhas imperfeitas de mb"

Olá mb...
nesta suas folhas imperfeitas, nestas fotos maravilhosas.. vislumbrei toda a perfeição que encontro na natureza

Manuela, muito bonito o poema.. um abracinho grande no gostar do Outono
nesse acontecer de muitas folhas em tantos tons..
tons que nos trazem o sentir da lareira no aconchego do nosso canto...

E que bom seria que todos o pudessem sentir...

dulce

Nilson Barcelli disse...

"exacerbado é um pensamento leve
pesado é o sapato que estala e entala o castanho do dia"
Belíssimo post, de palavras e fotos, onde o bom gosto impera.
Querida amiga, boa semana.
Um beijo.

Maria João disse...

Na folha suspensa, um pensamento breve...

Leve e perfeito como a natureza que cíclica, se aconchega agora no castanho entalado dos dias.


Um beijinho, Manuela

Graça Pereira disse...

Breve, tão breve como a folha dourada que se desprendeu do galho e o dia que se soltou do calendário e troxe consigo o Outono. Breve, como o tempo que passa pela vida e no entanto, tão bonito...
Imperfeição? Onde está? Não existe!
Beijo
Graça

Por toda minha Vida disse...

Apenas direi lindo!

Que o outono lhe seja doce.

Beijo.

Lídia Borges disse...

A luz, a cor, a perfeição de um breve instante imperfeito.

L.B.

Cristina Fernandes disse...

Cheiro dum vento outonal que tão bem revelam as palavras....
Um beijinho Manuela,
Chris

f@ disse...

Olá Manuela,

vim só deixar um beijinho...

piu piu...

manuela baptista disse...

piu!

. intemporal . disse...

.

. leve é o pássaro.fogo . pássaro.folha . pássaro.asa . nunca rasa .

.

. a.mar.de.a.mar é sempre tão pouco .

.

.

.

. íssimos . em trio .

.

.

. paulo .

.

Por toda minha Vida disse...

Passando para desejar boa noite.

Beijo Manu.

A.Tapadinhas disse...

As palavras são como as folhas que se soltam das árvores e atapetam os caminhos...

criando impensáveis combinações de pensamentos coloridos.

Parabéns! Palavras e cores para todas as estações!

Beijo,
António

Graça Pires disse...

"Pássaro feito riso" antecipando o futuro do silêncio sobre um abismo ou sobre um êxtase. O outono vai tomando formas cada vez mais desconcertantes que só os poetas entendem e amam.
Um belíssimo texto, Manuela!
Um grande beijo.

. intemporal . disse...

.
d
e
s
.passarada.
m
e
n
t
e
.

. mas sempre,,, aqui .

. :))) .

. íssimos em trio .

.

walter disse...

e eu igualmente... paulito!

:))

e o pássaro-folha da f@ é parecido comigo... não acha manuela?

parabéns à artista pela criatividade!

amei!

um abraço de asas aos pássaros da minha vida!

walter

Fabiana disse...

Manu,
doces encantos feito palavras...
"(...)pássaro feito riso"
Bjo com muito carinho e um afago grande pra ti!

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA E F@


Olha o passarinho ...!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 21 de Outubro de 2010

manuela baptista disse...

...acho!

porque procuro
e tenho a sorte de encontrar...

beijos a todos os pássaros

e à Bia um afago, que há tanto tempo a não via :))

manuela