não tarda













E porque ainda tardava, pegou o anjo em três pedaços de arame, dois vidros, um ramo de pinheiro manso e fez um brinco para oferecer ao menino quando Ele nascesse.
A mulher disse, obrigada meu anjo e esgravatou o lume para que espevitasse. Sentaram-se no chão e comeram uma canja de galinha quente com um cheiro de hortelã. Era chegado o inverno.










21 comentários:

ki.ti disse...

afinal, tarda ou não tarda?

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Ki.ti, não, não tarda quase nada!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 20 de Dezembro de 2014

Marcos Satoru Kawanami disse...

Feliz Natal, Manuela.

. intemporal . disse...

.

.

. não há . nem pode haver inverno . ausente das Suas palavras . dos Seus desenhos . do Seu tributo . a aquecer os corações de todos os homens de boa.vontade .

.

. festas felizes .

.

. assim como os íssimos . :) .

.

.

disse...

"Sa qui turo" tem turo a ver com esta página...

Kika disse...

Kriu?

Outra vez a confundires o Natal com o São João... Regula-te pelo frio e verás de que se tratam de tempos diferentes...

Kriu!

Rogerio G. V. Pereira disse...

Ainda bem que o Pai Natal não entra no conto
não é que tenha problemas com barrigudos, barbudos nórdicos
soltando hô, hô, hôs monocórdicos

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Hoje foi mais pequena no texto mas não na mensagem.
Visualizamos tantos sem abrigo,esquecidos uma vida inteira. Aceitam a existência na simplicidade de dos seus dias e alegram-se com uns brilhantes presos num arame.

A sopa escorre-lhes dos olhos doridos de tanta fome e desprezo...
Boas Festas

Graça Pires disse...

Um Natal muito Bom, Manuela. Um Ano de 2015 com tantas histórias...
Um beijo.

Isa Lisboa disse...

E chegou muito bonito! :)

Manuela, venho desejar um Feliz Natal e um excelente 2015, com tudo de bom, quer a nível literário, como em todos os aspectos da vida!
Uma abraço!

Vitor Chuva disse...

Olá, Manuela!

Haverá pessoas com Natais assim...com muito pouco.Mas, ao fim e ao cabo, o que importa é ser-se feliz - tudo o resto é adereço.

E que seja Feliz o Natal para si e os seus, na compnhia daqueles que mais gosta.

Um abraço
Vitor

Isabel Venâncio disse...

Querida Manuela

Por infeliz acaso, entrou na minha vida!
Bem sabemos ...
Felizmente, mantenho-a permanente na memória.

Penso em si e no Jaime, com muita regularidade. Foram, sem dúvida, os amigos de longe de quem me senti mais próxima, pela vossa solidariedade e ternura, quando o David morreu.

Quero desejar-lhe, neste e em todos os

Dezembros, tudo o que possa contribuir para que se sinta feliz.

O seu texto é belíssimo!
Pela concisão da mensagem que envia.
Obrigada.
Isabel

Olinda Melo disse...


A canja, o Menino e sua Mãe. Tudo se espevita no calor do lume dos sentimentos que enfeitam a alma.

Manuela, foi muito proveitoso para mim tê-la conhecido e ao seu blogue, onde se respira arte e talento.

Feliz Natal e que no Ano de 2015 nos traga ainda mais alimento para o nosso espírito.

Beijinhos

olinda

Kika disse...

Kriu?

Tita, anda prá ki, pró pé de mim, caso te sintas nervosa...

Kriu!

disse...

Aqui, onde me encontro, também não se está nada mal...

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Na bela simplicidade, está o aconchego perfeito!

Um Natal Pleno, Manuela!

Beijo,
da Lúcia

Beatriz disse...

E enquanto aí chega o inverno, com a boa canja de galinha, aqui nos chega o verão escaldante.....e haja sorvete!!!

Um feliz natal, Manuela e tudo de bom no novo ano!

Beijinhos

<°))))< BIA

Rita Freitas disse...

Coisas de anjo mesmo :)

Beijinhos e bom ano 2015

Vitor Chuva disse...

Olá, Manuela!

O Natal já lá vai.E agora aqui deixo os votos dum FELIZ ANO: com alegria e saúde, e mais tudo o que de bom a vida tem para oferecer.

Com um abraço
Vitor

Agostinho disse...

Sem o perfume de hortelã não havia canja prá gente, que anda enregelada desnuda e muda.

Maria Eu disse...

Que bom ter descoberto mais este recanto, Manuela!! É de uma beleza indescritível.