na elegia de um verso é moldura sendo tela

..... /
-
Um dia sem saber muito bem porquê, a mão direita não foi capaz de segurar o pincel e a mão esquerda tomada de uma inveja angustiante espalhou pelo chão as tintas, o diluente, a paleta de tantas cores, mistura patética de pó e panos, pedaços secos como seco se sentia. À sua frente a tela branca tão branca que doía, como dor que não se pede nem se deseja, entendida, apercebida na sua dimensão rasteira.
Depois o espanto: Quem sou eu, que disparo sentimentos em folhas vazias, em telas solitárias, desapegadas de adornos, para que tenham a vida que eu lhes empresto, roubando a luz e a penumbra, a claridade e a obscura certeza de que sou apenas a consciência de mim próprio, no isolamento perfeito que me permite criar?
Se eu fosse pássaro, cumpria o meu destino num agitar de asas, na perda de uma pena leve, na construção de um ninho frágil, derrubado num primeiro ventar, mas logo reconstruído sem nunca perguntar, quem sou eu? se sou um pássaro!
Se eu fosse terra, era terra e se tremesse continuava a ser terra e se desse frutos era terra e não perguntava, porque não posso eu ser azul do céu? ou apenas azul ou infinitamente céu?
Mas sou tela e a tela por pintar é a mais bela das telas, nela estampo o grito e desenho o canto, misturo o ódio mas retoco o amor, torno mais clara a noite e enegreço o dia, desloco-me, entranho-me de cor, prometo o que não cumpro, água forte que me torna criador.
-
-
Esta é uma página escolhida a dedo, porque escrever é como pintar.
Basta uma folha em branco.
-
Manuela Baptista
Estoril,7 de Fevereiro 2010

42 comentários:

f@ disse...

Beij!nhos Manuela...

Basta uma folha em branco para uma letra ser maior em Ti...

ter o Mar ao fundo ao lado e o Céu !menso...
Histórias com coração... talento Criatividade... tanto que faltam as cores para pintar o Teu abecedário...
SENTIR EM TODOS OS TEMPOS...

Obrigada

!
n
f
i
n
i
t
o

beijinho

Maria Emília disse...

Pano branco onde risco, contorno, borro, recorto, acerto o momento que se esvai em cada cor que esbato.
Beijos
Maria Emília

Eva Gonçalves disse...

Uma folha em branco é sempre a melhor obra de arte... aquela que pode ser tudo... e que espera ansiosamente que sejas tu a escolhê-la a dedo. :) beijinhos

. intemporal . disse...

.

. se eu fosse um peixe seriam os mares anzóis, serias tu sonhadora na lonjura onde és caçadora aos sete sóis .

. se eu fosse uma alma que grita, serias tu aflita sendo prece há tanto re.dita que hoje constróis .

. no emaranhado dos teus caracóis .

. se eu fosse um verso, serias tu o obverso no reverso de um terço onde hoje por ti me despeço sem que chegue sequer a partir .

. se eu fosse tela, serias tu aguarela de sentinela à janela no desejo do meu regresso .

. se eu fosse o que peço, pediria a Deus o que só peço, no nexo onde me és tácito convexo sendo aconchego da alma .

. se eu fosse manhã, serias tu a tarde calma na esteira onde és palma e pássaro aos olhos .

. se eu fosse aos molhos, seriam as des.avenças abrolhos e esta amizade um exemplo ímpar para tantas as íris sendo do mundo seus olhos .

. da terra inteira .

.

.

. bel.íssimo . íssimo . íssimo .

.

. um beijo total . íssimo .

.

. paulo .

.

Brancamar disse...

Nagnífica Manuela, como sempre.

" porque escrever é como pintar.
Basta uma folha em branco."

Duas artes maiores de complexa criação.

Mas, como a inspiração por aqui abunda, qualquer folha em branco se transforma numa obra prima, até na caixa de comentários, como li por aqui atràs de mm, :)))
Vou dormir embalada pelo seu conto e sonhar...

Beijinhos

Branca

Jaime Latino Ferreira disse...

MAS QUEM SOU EU


Mas quem sou eu
se aquilo que verso
se derrama impávido
no que terço

Nesta caixa
branca
anverso
da fotografia
onde não fia
a cor que uns olhos tenham
só magia

Mas quem sou eu
se o sou
sem ser
escrever
é o meu ter

Mas quem sou eu


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 7 de Fevereiro de 2010

Canduxa disse...

Uma folha em branco sente-se feliz
quando uma nova história está a ser escrita,
vai ser partilhada,
vai ser lida,
relida
e quantas vezes reconhecida.
Uma folha em branco encerra tanto de nós....
tal como a pintura onde se misturam as cores do sonho.

um grande abraço para a Manuela
feito de muitas folhas em branco

manuela baptista disse...



infinitamente agradecida
pelas palavras!

sabendo que o alfabeto completo das tuas cores

é a ilustração criativa do meu sentir!

um beijo

Manuela

manuela baptista disse...

Maria Emília

esbatendo momentos

em panos brancos
ou não

é sempre um salto para cada risco...

beijos

Manuela

manuela baptista disse...

Eva

escolhi-a a dedo!

beijinhos

Manuela

manuela baptista disse...

Paulo

e agora o que é que eu faço com este poema?

não existem molduras para esta tela

as tintas e os pincéis desatinadamente
recusam-se a ilustrá-la
amedrontados com o risco imenso, de a poder estragar...

e então?

guardo-o,escondo-o junto com o mapa do tesouro e depois

um dia, solto-o para poder voar!

e

boa viagem para o seu próprio voo!

um beijo

Manuela

manuela baptista disse...

Branca

desejando que o seu sono tenha sido embalador

e babada e envergonhada com a obra prima (?)

que parto e reparto por aqui!

um beijo

Manuela

manuela baptista disse...

Jaime

és

exactamente aquele
que tem tudo

o mágico perfeito
dos versos por versar

o escrever
o ser
e o pensar!

a ti não te guardo

porque já sabes onde está a chave...

Manuela

manuela baptista disse...

Canduxa

no entanto

a angústia da tela em branco

é pensarmos

que não existem molduras perfeitas para a guardar.

beijinhos

Manuela

entremares disse...

Uma folha em branco?
Aproximamo-nos, um e outra vez. E se quisermos, de cada vez veremos sempre algo de novo, algo de diferente.
Haverá maior magia?

Seguramos um lápis, um pincel, nem importa a cor. E aproximamo-nos de novo.

A folha murmura: Se me riscares... deixarei de poder sonhar, passarei só a ser os teus sonhos.

Ela tem razão.
Baixo o pincel e lanço-lhe um sorriso.
Deixemo-la sonhar.


Tudo de bom para ti,
Rolando

manuela baptista disse...

Rolando

em que entremares navegou?

agora chegado
respeitando o sonho de uma folha em branco.

um abraço

Manuela

walter disse...

Manuela,

O que faria se vivesse numa casinha toda feita de papel?

Mal posso imaginar...:)))

Sua escrita colorida de tão bonita que é, chega a doer...

Guarde, guarde muito bem, o poema que o Paulinho lhe deixou, aqui é ouro sobre azul.

Um beijo

casos e acasos da vida disse...

Olá Manuela,

Para já quero dizer, que estimo muito o SKODA do REBELDE e apenas queria fazer uma brincadeira.

Na tela em branco podemos imaginar muita coisa...

ver tanta coisa!...

Quando se põe em acção os pinceis pode surgir a frustração...
eu também olho para telas em branco e pego em pinceis...

conheço a ideia...
a angústia...
a frustração...
nunca nada fica igual à ideia...

ainda se o meu pincel fosse a tua pena...

obrigada pelo Chopin, que faz 200 anos este ano, mas partiu bem cedo...
genial e cheia de sensibilidade a música que nos deixou...

muitos beijinhos,

Marisa

Jaime Latino Ferreira disse...

CLAVE


Minha chave
onde está
se é amor
tem a luz
invisível
do sabor

Minha chave
é uma clave
e de cor
são as notas
é um sol
música
cor

Minha chave
que não fecha
abre
e é mor
por saber-te
a meu lado
meu amor


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 8 de Fevereiro de 2010

manuela baptista disse...

Walter

se eu vivesse numa casinha toda feita de papel...

acabou de me dar uma ideia genial!!!

aqui guardo tudo, porque tudo é precioso!

um beijo, homem das altas montanhas

Manuela

manuela baptista disse...

Ó Marisa,

eu sei que era uma brincadeira! Mas que é giro, é!

obrigada por estar sempre atenta à música.

Beijinhos

Manuela

manuela baptista disse...

ao Jaime

clave de Sol!

Manuela

Filomena disse...

Uma folha em branco à espera de ganhar asas( coloquei uma imagem no blog da"minha vida " que lhe é dedicado)

Beijíssimos

manuela baptista disse...

Filomena

e são lindas as imagens desenhadas no céu!

Mas a mais bonita são os textos-ave!

Não conhecia Rafal Olbinski,qualquer dia roubo-o...

E a sua voz, já voltou para casa?

beijinhos

Manuela

Graça Pereira disse...

Tal como uma pena leve cheguei com o vento...Manela, o que tu fazes com o pensamento...
Folhas brancas, nem pensar!Mal ouves o seu roçagar como sedas a passar...truz! Faz-se luz e há mais uma história para contar!!
Adorei!
Beijo e boa semana
Graça

manuela baptista disse...

Graça

já tinha saudades tuas!

Tens aí uma folha em branco?? :))

beijinhos

Manuela

. intemporal . disse...

.

. _____________________________ .

. :)))))))))))))))))))))))))))))

. _____________________________ .

. boa noite,,, .

.

. um beijo total para Si .

. uma abraço total para o Jaime .

.

. paulo .

.

Nuance disse...

...e uma folha em branco é a mais bela das folhas, onde a Manuela escreve histórias encantadas que me fazem sonhar.

Abraço!
Fátima

manuela baptista disse...

bom dia____________________

Paulo!

não se vá embora, sem me dizer até já_______________

um beijo

Manuela

P.S...e não se podem esfaqueá-los? aos tropeços temporais, tão fracos a esgrimir facas?

em todas as viagens, é sempre bom levar um canivete suíço.

se não perceber, telefone :)))

manuela baptista disse...

Fátima

um sonho com nuances
é sempre um belo sonho!

um abraço

Manuela

. intemporal . disse...

.

. trrriimmmm, trrriimmmm ... .

. trrriimmmm, trrriimmmm ... .

. trrriimmmm, trrriimmmm ... .

. a sua chamada é importante para nós, esperamos atendê.lo nos próximos 456 minutos .

. queira a.guardar . por favor .

. trrriimmmm, trrriimmmm ... .

. trrriimmmm, trrriimmmm ... .

. trrriimmmm, trrriimmmm ... .

.

Dulce AC disse...

"Mas sou tela e a tela por pintar é a mais bela das telas, nela estampo o grito e desenho o canto, misturo o ódio mas retoco o amor, torno mais clara a noite e enegreço o dia, desloco-me..."

E deslocando-se Manuela...., vai deixando um rasto enormíssimo de tantas e tão maravilhosas cores na folha que era branca...

Muitos beijinhos Manuela e um abraçinho grande grande...!!

manuela baptista disse...

...é do call center? posso falar em português??

mas

o que são 456 minutos,

comparados com os 4,56 biliões de anos do planeta Terra??

e, após não ter resolvido nada ao pobre do paciente em fila de espera, não se esqueça de acrescentar: "Em que mais lhe posso ser útil?"

...já tenho algodão nos ouvidos...

Manuela

manuela baptista disse...

Dulce, cheia de trabalho

mas que ainda consegue dar por aqui umas pinceladas...

e bonitas!

Beijinhos

Manuela

Se7e/5 disse...

"Mãe de um feto violado, afirma sua inocência e prova que a agulha de tricô indiciada como arma do crime não correspondia ao número da embalagem. Abortilda Semedo, afirmou que vai processar a fábrica de agulhas pelo incidente que está provocando todos os problemas vividos actualmente com a justiça e opinião pública. Numa primeira justificação, ainda a quente, logo após o parto, a alegada violadora, confessou que tudo aconteceu quando estava tricotando uma camisolinha de seda para o seu pequenino rottweiler de 2 aninhos, já que ela costumava trabalhar nuinha e com as pernas bem abertas, só que nessa vez, incompreensivelmente, uma das agulhas escapou para dentro da vagina. “Eu achei muito estranho, mas não liguei e se não fosse um cliente a queixar-se que tinha sido mordido..."
O restinho? nã, nã... só no Se7e!

manuela baptista disse...

sete e meio

obrigada pela informação,

Manuela

AFRICA EM POESIA disse...

Manuela
4 a 1...

Foi golo do LIEDSON
..
Não sei que fazer...

mas que o meu livro está a apaixonar e a vender é mesmo verdade.
Um beijinho ...VERDE

manuela baptista disse...

Lili,

mas há muitos apaixonados pelo Sporting!

Jogo é jogo, não fique triste...

um beijo

Manuela

Brancamar disse...

Olá Manuela,

Volto para dizer boa noite e que terminados os horários malucos de dois meses e renovado o computador que andava sempre a emperrar e lento, espero recuperar agora a minha assiduidade junto dos amigos e pôr a escrita toda em dia.
Bons sonhos, com histórias a germinar pelo subconsciente...
Beijinhos
Branca

manuela baptista disse...

Branca

às vezes a imaginação também emperra, com algumas dores, como os computadores,daí a composição da palavra :))

Então vamos lá pôr a escrita toda em dia!

beijinhos

Manuela

*Lisa_B* disse...

Querida Manuela,
fiquei sem internet e já estava a ficar sem paciência.

Que lindo texto aqui encontrei e mais os que se lhe seguem.

Como disse no Jaime, eu nem consigo acompanhar a v/ "pedalada" rsss.

Linda tela aqui pintou e a moldura formada pelos amigos que se juntaram e escreveram lindas palavras e poesias.

Beijinhos com carinho

manuela baptista disse...

Lisa

vim encontrá-la aqui!

Obrigada e beijinhos

Manuela