agosto


impensadamente
escrevi um poema, pequeno, frágil
desajeitado

fundo branco farol de tempestade
não sabia ao que vinha era apenas Agosto

dia 2, do ano de 2009

faz hoje dois anos, setencentos e trinta dias


tenho ainda setecentas e sete mil histórias para contar, ando por aqui, mas não estou cá, na dualidade permitida aos seres imperfeitos e curiosos, aos que vagueiam entre os mundos imaginários com os pés assentes na lua, sujos do verde da terra, os bolsos repletos de folhas de papel

se chover, que bem se está



vou pintar

a quilha de um pássaro
ou de um barco
ou do esterno de um menino magro

qualquer outra pessoa que não eu, diria,

regresso com as marés vivas, feliz Verão!


"zen family" Sintra de mb




31 comentários:

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Que setecentos e trinta dias contados de tantas e de tantas outras mais maneiras que virão!

Bom Verão


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Agosto de 2011

Luís Coelho disse...

Agosto tem destas cambiantes
Nunca sabemos se a chuva foi
Nem prevemos quando o Sol volta.


Quero pedir-lhe por favor
Não pinte meninos com fome,
Nem peitos vazios de esperança.

Pinte barcos embandeirados,
Pinte o mar azul e infinito,
Pinte, pinte as quilhas afiadas
Desses barcos de azul rasgados

ki.ti disse...

Vaguear é comigo!

Se te vais embora, fico eu por aqui a dormir bem debaixo destes zepelins de luz,

e simpático, seria pintares um gato

. intemporal . disse...

.

.

. ao segundo dia deste mês de a.gosto . entro a gosto . e com todo o gosto . dou.Lhe um enorm.íssimo xi.coração .

.

. por.que a emoção é então uma canção de embalar . nunca em vão .

.

. aqui . sempre aqui .

.

. neste [meu] l[ug]ar .

.

. pelo aniversário deste espaço de pasmar . "Histórias com Mar ao Fundo" .

.

. por ser a.gosto .

.

. pela "pausa" merecida .

.

. e também pelo aniversário de uma pessoa muito especial para mim . no dia de hoje .

.

. e,,, .

.

. essencial.mente . por ser quem é .

.

. uma Senhora . detentora de um verbar bel.íssimo . e sempre tão perto dos Seus leitores . menos.prezando e des.prezando pódios e ovações ridículas . divas egocêntricas ... . e essa gentalha toda . que tão bem sabemos ... .

.

. uma Amiga . que o tempo se encarregou de e.ternizar .

.

. sempre de fora para dentro .

.

. sempre de coração para coração .

.

. por Si . só por Si . já valeu a pena .

.

. os meus parabéns . !!! .

.

. íssimo . íssimo . íssimo .

.

. clap . clap . clap . clap .
. clap . clap . clap . clap .
. clap . clap . clap . clap .
. clap . clap . clap . clap .
. clap . clap . clap . clap .
. clap . clap . clap . clap .
. clap . clap . clap . clap .
. clap . clap . clap . clap .
. clap . clap . clap . clap .
. clap . clap . clap . clap .

.

. saio . ____________ feliz .

.

.

AC disse...

Manuela,
Desejo-lhe um verão harmonioso, com pássaros, e peixes, e pessoas de olhos confiáveis, e folhas...

Beijo :)

antonio ganhão disse...

Toda a escrita deve ser frágil e desajeitada até encontrar todo o seu fulgor no olhar que a lê.

walter disse...

hoje, dou-lhe um grande grande xi-coração... por tudo, por tudo Manuela!

o nosso querido Paulo, concerteza que não se importará que o [re]diga, quando diz: "por si, só por si, já valeu a pena!

ainda me sobram dedos de uma só mão, quando conto as almas que verdadeiramente gostei de conhecer aqui, e acrescento em relação a si, Manuela... aqui e em toda a minha vida...

é o que sinto e é verdadeiro!

quando é que nos conhecemos mesmo... ainda se recorda?

é isso mesmo! ainda o mundo não era mundo, e nós ainda não eramos gente, mas já eramos amigos...apenas tinhamos uma forma diferente e eramos feitos de outras matérias...foi há tanto tanto tempo, quando escreveu a sua primeira história, Manuela! :)

vá...descanse sem dar descanso à criatividade! :))


beijo grande do Nandinho

Fézada disse...

Auf!

Por agora, tens a cozinha inteirinha à tua disposição e a tempo inteiro. Com vista para os cedros. Sabes bem para quê...

Auf!

Auf!

Maltese Goat disse...

Mééé!

Férias? Olha que estamos mal de pasto... Tens outras rotas!

Mééé!

© Piedade Araújo Sol disse...

setecentas historias e outras tantas, ´´e sempre bom vir aqui.

em agosto pinta um barco, pode ser de papel, em cor azul e branca, e velas de muitas cores.

deixo um beijo com cheiro de chuva que em agosto tb chove.


beij

BRANCAMAR disse...

Manuela,

Já li este poema por umas três vezes, desde o primeiro momento e fico sempre tão sem palavras...
É tão diferente, tão original, acho mesmo que foi um dos seus maiores momentos de criatividade.

"se chover, que bem se está"... a chuva como toda a água é um mundo por desvendar e os seres inquietos gostam da sua paz.

É bom aqui estar em momentos como este, um momento verdadeiramente Zen...!

Beijos
Branca

diz-me imenso este verso, mas também todos os outros

BRANCAMAR disse...

Peço desculpa pela frase final, para não apagar o comentário, explico que ela se referia à chuva, mas ao refazer o texto ficou desprendida do mesmo, sem que me apercebesse.

Beijos de novo.

Branca

joaquimdocarmo disse...

Vamos todos contar os dias, todos, que sejam bons dias de verão, (por mim, de preferência, com mar ao fundo!...), ninho aconchegante das histórias que estão por contar!
Parabéns, pelos dias, todos, que já lá vão e, sem dúvida, estarão por vir!
Beijinho
Quicas

Sonhadora disse...

Minha querida

Que os ventos te tragam com a inspiração como te levam.
Boas férias e cá espero o regresso.


Beijinho com carinho
Sonhadora

alegria de viver disse...

Querida amiga

Lindo,lindo lindo.
Esta a é a palavra certa.
Tenha boas férias.
Aguardo com muito carinho seu regresso.
Que este Verão encha seu coração de alegrias.
Deus ilumine seu caminho.

Com muito carinho BJS.

Maria João disse...

Gosto das marés vivas, de palavras e escritas transparentes, como as gentes de que gosto muito também.
Gosto do Verão e da chuva, gosto dos dias singulares e dos poemas, escritos por mãos que sentem "coisas" tão particulares. Gosto porque gosto, assim como gosto de si, querida Manuela!

Feliz Verão lhe desejo, com todas as setecentas e sete mil histórias para contar.

Um beijinho

Linda Simões disse...

Manuela


E o que digo ? Eu,uma pequena nordestina, do interior de Pernambuco- Brasil, que abraçou no mês de agosto de 2010, em pleno verão e com o mar ao fundo, amigos selados nesse vasto mundo blogueiro?
E foi tanta emoção!Real, sentida, acolhida!


Não tem preço. Vale sentir.


Vale um abraço de ternura.


E de saudade...



Linda Simões

acácia rubra disse...

Vou pedir que pinte sempre, com letras, meninos em forma de caravelas,pássaros rasgados de sóis, marés vivas ou moribundas... meses a gosto...

... porque gosto mesmo da forma como pinta!

Beijo

E.A. disse...

Manuela,

Espero vir a tempo para uma breve despedida, ou melhor, um até já.
Reencontrar-nos-emos.
Um carinho,
Elisabete

Graça Pires disse...

"vou pintar

a quilha de um pássaro
ou de um barco
ou do esterno de um menino magro

qualquer outra pessoa que não eu, diria,

regresso com as marés vivas, feliz Verão!"
Uma beleza! Desejo-te umas férias felizes. Um grande beijo.

Virgínia do Carmo disse...

O que seria do mundo sem os seres imperfeitos e curiosos, que vagueiam entre os mundos imaginários com os pés assentes na lua, sujos do verde da terra, os bolsos repletos de folhas de papel?

Tão triste seria...

Beijo e boas férias, Manuela!

. intemporal . disse...

.

.

. a Sua companhia . e na Sua companhia . é e será sempre um valor que me acrescenta .

.

. in.dependente.mente da intensidade do café . :) .

.

.

. gosto . muito . muito .

.

. de Si .

.

.

BRANCAMAR disse...

Eu também, :))

E daqui não saio, daqui ninguém me tira...mesmo que não me comente mais..., hihihi!

Sou livre como um pássarinho, daqueles que sabe pintar e se chover por aqui que bem que estou, gosto tanto de água e até posso nadar neste seu Agosto, que é tão ao meu gosto, Manuela Baptista, contadora de histórias e poesias zen, :))

Beijinhos
Branca

respirandoarte.k disse...

Olá. Sou Katia Almeida - artista plástica. Gostaria de agradecer seu comentário sobre minha pintura; e convida-la a conhecer meu site, www.respirandoartek.elo7.com.br.
Bjs

ju rigoni disse...

E quando você estiver de volta aqui estarei, que não abro mão dos seus escritos, amiga. O poema é tão grande, Manuela!...

Parabéns pelo aniversário do blogue!

Um beijo, um abraço apertado, e boas férias, querida amiga! Inté!

Beatriz disse...

Um feliz verão para você Manuela! Por aqui o inverno começa a se despedir....e já vai tarde! Saudades do verão alegre e multicolorido!!!

Beijinhos mil!!!

Bia

www.biaviagemambiental.blogspot.com

N. Barcelli disse...

E choveu...
Prosa ou poesia, o teu talento é sempre igual. Excelente.
Querida amiga Manuela, bom Agosto...
Beijo.

Dulce AC disse...

"..aos que vagueiam entre os mundos imaginários com os pés assentes na lua, sujos do verde da terra.."

querida Manuela

de coração a coração
aqui venho
e lhe deixo num abraço
um Obrigada
de Amigo..

porque por aqui, bem sei
transformo-me sempre
em mais Vida..

e dois beijinhos grandes grandes num verão sempre ameno, de muitos afectos.

dulce

manuela baptista disse...

num grande abraço

como grande, desejo este Verão


manuela

. intemporal . disse...

.

.

. e . ainda antes que seja outono .

.

. ar.redOndO este a.gOstO . com sabor a.mar .

.

.

manuela baptista disse...

redOndO!