da praia-mar


entre o ficar quieta e mexer um nó de vento
vai a medida certa entre o verão e um pensamento
abrir entreabrir descerrar esta janela
assim como quem estende uma toalha amarela
enamorada de um grão de areia em pé descalço
o nariz ao sol intenso desejoso de bebidas encarnadas
de camarões algas e pedras redondas embaladas
em ondas de espuma no marulhar das águas frias arrepiadas
dessas gosto eu e dos rochedos tristes a inventar segredos
e eu tão levezinha fútil e descuidada
como uma salada em vinagreta doce e erva-fina
coração cigano suspirado e de sons embriagado
desenhando na palma da mão a minha sina
-

toalhas amarelas e bloody mary em pastel a óleo
-
Manuela Baptista
2010/06/25

48 comentários:

Filomena disse...

E eu a desejar estar perto do mar, do seu som de embalar as sereias e as ondinas


Beijo

Jaime Latino Ferreira disse...

É isso mesmo, a Manela na água, entre os rochedos, é um segredo bem guardado em praia mar de algas salpicado ...

... é um rochedo leve pelo som do mar embriagado!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 25 de Junho de 2010

Teresa disse...

Manuela
Pode não se recomendar, mas a sua poesia recomenda-se sempre.
Amei estas palavras, acho que as vou levar comigo.
Bjs

walter disse...

...E quieta é que esta menina de coração cigano não fica!

Se o vento não vem, ela inventa-o e rebenta todos os balões coloridos que enchem o seu pensamento, e se ao mar não vai, vem o mar até ela, sabe-se lá porque artes manhas debruçar-se à sua janela...
Parecem dois namorados, ele dá-lhe beijinhos salgados, ela rouba-lhe segredos guardados no rendilhado das suas ondas... com eles desenha conchas, pedrinhas redondas, peixes, gaivotas e dunas. Depois, já cansada, com os dedinhos do pé, acaricía a sua espuma que se derrete em cóceguinhas.
Adormece... sobre a sua toalha amarela estendida no chão do seu quarto e sonha com um mundo tão grande e infinitamente belo, mas que cabe todo na palma da sua mão e nunca se esquece de a fechar antes de dormir...

Manuela,

Ainda hoje vou ao mar buscar um punhado de conchas para lhe oferecer. Não acredita? Então me aguarde... e depois, vai ter que vir aqui dizer que cumpri a minha promessa!

Ah...quero qualquer coisa para beber. Essa coisa aí encarnada é boa? Não é xarope para a tosse dos vampíros:? Veja lá... não me engane!:))

Oh pá! de bebidas só conheço o sabor da água e pouco mais...:)))

...e gosto muito!

Beijinho
Walter

manuela baptista disse...

Filomena

não sei de quem gosto mais

se das sereias
se das ondinas...

bons embalos de fim de semana!

beijinhos

Manuela

manuela baptista disse...

Jaime

até que enfim! soltaste o Manuela Baptista

e fiquei Manela entre os rochedos e água do mar!

Manuela

manuela baptista disse...

Teresa

sentido de humor não lhe falta!!

mas eu hoje não me recomendo mesmo :)))

um beijo

Manuela

manuela baptista disse...

Wlater

ó pá!! cá estou para afirmar que as conchas

são verdadeiras e belas como pérolas!

como as palavras bonitas que inventou para me dar

as bebidas encarnadas, podem ser imensa coisa
até sumo de morango, mas estas aqui são bloody mary ou seja sumo de tomate, vodka, água tónica, pimenta e...o Jaime é que sabe a receita...

mas a água é a bebida que eu gosto mais!

um beijo

Manuela

Linda Simões disse...

Manuela querida,


vc desenha bem,escreve maravilhosamente e ainda tem uma voz doce.


Eita!

Precisa recomendar?



Beijoquinhas de carinho

. intemporal . disse...

.

. e eu,,, .

.

. estendo.Lhe um beijo total .

.

. entre.a.espuma de uma rebentação mayor,,, a Sua .

.

. um bom fim de semana .

.

. paulo .

.st

Dulce AC disse...

"entre o ficar quieta e mexer um nó de vento
vai a medida certa entre o verão e um pensamento"

e eu que faço..
que faço Manuela..?!

eu que também ontem não me recomendava
mexo hoje um nó de vento e num sopro chego aí num grande silêncio de abraço
e fico-me num pensamento
e recomendo...recomendo-a mesmo Manuela numa medida sempre certa total
hoje e sempre..!

Muitos beijinhos de bom fim de semana e hoje só para Si.
dulce ac

manuela baptista disse...

Walter, desculpe o Wlater!

já é horrível trocar as letras, mas quando elas fazem parte dos nossos nomes é chato...

bem,
podia-lhe ter chamado Welter, ou Wratel ou Wletar, sei lá!

um beijo

Manuela

manuela baptista disse...

Linda

precisa sim!

doce é a língua portuguesa
cantado é o vosso falar

beijinhos

Manuela

manuela baptista disse...

Paulo

e assim estendido
em tapetes de espuma

chegou perfeito
entre o cansado da distância
e a aproximação de uma superfície frontal liquefeita!

um beijo

Manuela

...já pensou porque é que os meteorologistas não são poetas??
pois tanto falam dos ventos, das tempestades e das nuvens...

manuela baptista disse...

Dulce

e assim recomendada
estou muito mais animada :))

porque quem empresta, traz de volta

mas quem dá,

multiplica!

mesmo com um bom fim de semana só para mim...

beijinhos

Manuela

Brancamar disse...

Manuela,

Que dizer de uma praia-mar onde me deleito, num dia em que eu também não me recomendo?
E para culminar deixou-nos duas vozes da minha eleição, de dois seres humanos que se recomendam.

Fico-lhe grata.
Beijos com votos de bom fim de semana.
Branca

Graça Pereira disse...

Manela
Era o que eu precisava hoje - de uma praia-mar! Hoje que tambem não me recomendo...Mas talvez ao compasso das ondas, eu me arriscasse a uma aventura...agarrava o tempo, fazia um feixe com as nuvens e deitava-me no céu, de braços abertos...à espera de outros passos...aproveitaria esta alegria (porque elas são sempre breves) para mandar a solidão embora...Faria contas de onde tiraria lições: é perigoso adormecer ao sol...por entre os rochedos tambem há caminhos cheios de futuro...a solidão não tem flor e nem dá fruto...depois, talvez aceitasse a toalha amarela...para me deitar nela!!
Beijo
Graça

manuela baptista disse...

Branca

se não nos recomendamos

encomendemo-nos então, a uma praia-mar maior

grata sou eu, por a ter aqui!

na eleição das suas queridas vozes...

beijinhos

Manuela

manuela baptista disse...

Graça

apenas posso dar
esta praia-mar de palavras e sentimento

mas entendo o tapete de nuvens
os braços abertos
o som dos passos que desejamos
aqueles que identificamos
e os outros que perdemos

e agora, vá lá...agarra a toalha amarela com o sol dentro dela!

das breves alegrias à tua escrita perfeita
fica um caminho de frutos

um beijo

Manuela

Susana M disse...

Meus parabéns pelo seu trabalho maravilhoso que tanto nós faz sonhar e acreditar que é possivel viver nesse sonho.
bjs

walter disse...

Puxa! hoje ninguém se recomenda...

sinto-me acompanhado... é que eu também não!

mas recomendo um bloody mary!

um beijo de boa noite

Walter

manuela baptista disse...

Susana M

obrigada! sobretudo se a faço sonhar...

um abraço

Manuela

manuela baptista disse...

W.a.l.t.e.r

soletrado para não lhe chamar nomes!

um bloody mary é mesmo bom, a olhar para o mar...assim, a navegar

e se for a sépia???

tem graça, ninguém falou na vinagreta! e eu ia jurar que gozariam comigo...

não mudo a música porque a Branca batia-me

mas a partir de agora

TODOS SE RECOMENDAM se faz favor!

um beijo

Manuela

Brancamar disse...

Manuela,

Desculpe, mas depois de ler o Walter desatei a rir e passei a recomendar-me mais um bocadinho, isto agora vai em crescendo, quem sabe amanhã já me recomende a tempo inteiro...

Pode mudar a música à vontade, eu só disse que gostava das vozes...canções há muitas!

Walter vou seguir o seu conselho, mas não o do bloody mary, só gosto de água e às vezes Ice-Tea, a excepção é champanhe doce nos aniversários ou um Porto raramente, uma vez por ano.
Hoje vai um Porto antes de adormecer, já vão ser duas vezes este ano, :)), talvez três, se me não falha a memória e amanhã volto para ver se está tudo sóbrio e mais recomendável, :))))))))

Beijinhos
Branca

manuela baptista disse...

ah, não!

a música é que eu não tiro!

mas bebo um Porto para a acompanhar,

dizem que é bom para fazer sono, para brindar à rainha e para olhar o Douro!

champagne faz dores de cabeça

mas o melhor de tudo é um tinto encorpado!

a continuar assim, este blogue fica suspeito de fomentar o alcoolismo...

vou beber um copo de leite branco, Branca

beijinhos

Manuela

Canduxa disse...

Manuela,

há sempre dias assim... aproveito e bebo a bebida encarnada para adormecer.
e
entre rochedos e águas frias espreita o sol que se deita sem cerimónia na toalha amarela aconchegando-lhe a alma...
e
assistimos ao namoro delicioso do grão de areia que se enrola sem vergonha na toalha macia que aquece o corpo e a alma.

Há dias que se transformam sem darmos conta.

beijinhos

ParadoXos disse...

vim trazer a toalha...
bem preciso de um bronze

:-)

recomendo-te um beijo :-)

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através Zambeziana. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs



Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

sideny disse...

Olá Manuela

Bonito este post.

Também quero um bloody mary:))
Posso?
A toalha ja esta na areia assim como o chapeu de sol:)

beijinhos

manuela baptista disse...

Canduxa

e que este seu dia

se transforme também, num coisa boa!

beijinhos ensolarados

Manuela

manuela baptista disse...

ParadoXos

pode estender...já cheguei as outras para lá!

um beijo recomendado
é um beijo aceite e retribuído

Manuela

manuela baptista disse...

Sideny

é cá das minhas!

encarnado e amarelo é uma festa bonita

beijinhos

Manuela

manuela baptista disse...

Fabrício

obrigada pelo convite!

e se narrar é uma terapia
o pensamento é mais do que arisco...

pois quem o poderá segurar?

um abraço

Manuela

alegria de viver disse...

Oláaaaaaaaaaa
Linda amiga
Toda vez que coloca uma postagem fico encantada, lindos magníficos desenhos, amo desenho. É a simplicidade que me fascina, na perfeição do traço, no colorido.
Vou aproveitar para me refrescar, nesta praia onde tudo se conecta com a pessoa linda, que nos transporta e faz sonhar.
Agora já mais leve vou aguardar a próxima postagem.

Com muito carinho BJS.

manuela baptista disse...

Rufina

alegria de viver em cada palavra escrita!

um beijinho carinhoso

manuela

Brancamar disse...

Mana Manuela,

Venho-lhe trazer aqui a duplicar, os beijinhos e abraços que lhe deixei nos Terraços da "família".

Obrigada por tudo, que é muito.

Beijos
Branca

Graça Pires disse...

Chegou-me aqui o cheiro do mar e o sabor do verão.
Um grande beijo, Manuela.

manuela baptista disse...

Branca

hoje também foi para mim um dia de família nuclear

dando graças pela família alargada!

beijinhos

Manuela

manuela baptista disse...

Graça Pires

e eu a pensar que esta página já estava a perder o cheiro a maresia

há tanto para aqui com os pés na água...:))

obrigada Graça!

um beijo

Manuela

Brancamar disse...

E venho agarrar o 40º mergulho neste mar, assim de cabeça...e fico depois sentada na areia a ver as estrelas e a sentir a brisa da noite...

Beijinhos de boa noite, Manuela.

Branca

Brancamar disse...

Retornei pra abraçar a sua sensibilidade de hoje e deixar um beijo de terna amizade.

Branca

manuela baptista disse...

Branca

obrigada!

hoje já estou pronta para outro mergulho

beijinhos

Manuela

Por toda minha Vida disse...

Manu, boa tarde.

Chamamos aqui no Brasil a flôr de Pappoula e vocês como a chamam?
Ela ouve? rsrsrsrsrsrs...
Besteira, desculpa ataque de bobeira, amei a foto e o desenho anda bem empolgada em desenhos, contudo minhas borboletas onde será que se esconderam neste jardim...

Beijo

Renata

manuela baptista disse...

Renatinha

bonito nome para uma flor!

aqui...não faço a menor ideia, pois papoilas são outras

assim como as borboletas que sumiram...

beijos

Manu

Brancamar disse...

Manuela,

Mergulhei no entardecer e repito o que lhe disse na altura, foi o maior deslumbramento, uma descrição de rara beleza que me transportou para a quietude da noite e de tal maneira me deixei levar que só depois dos primeiros parágrafos percebi que estava a ler uma notável, mas modesta e pouco conhecida escritora, que tenho a certeza será grande, muito grande, no dia em que se convencer a saltar para as livrarias.
Não sei dizer, nem encontro palavras para descrever o que este entardecer que quando se atarda anoitece me fez sentir como leitora.

O desenho é mais uma das suas belas artes, que plastifica da forma mais criativa e linda a flôr igualmente bela do Paulinho.

Saio em silêncio, esperando que o meu entardecer possa ter só um pouquinho desta quietude e contemplação e tudo o mais não será nada, porque é na natureza e na alma que a guarda, que está o rosto de Deus.

Com amizade, sempre.
Branca

manuela baptista disse...

Branca

e eu em silêncio fico

reflexo do rosto de Deus

...e esta é a página das bebidas encarnadas...

beijinhos


Manuela

relogio.de.corda disse...

Adoro estes desenhos!

manuela baptista disse...

obrigada Relógio!

quase de férias?

um abraço

Manuela