de tronco e pétalas

.
deixamo-nos prender a uma ideia a uma certeza a um sentimento
e ficamos assim presos a ver passar o tempo
ganhando raízes pela terra dentro
tão por dentro e tão profundo como o início do mundo

. pasmando na beleza de um sol-pôr que tanto põe e dispõe como do mar as marés
dos navios os convés das ondas o sal e a espuma dos faróis a luz e a bruma
enredando caule e tronco bem acima do horizonte
em sóis e luas contados os enredos sibilados
.segredados salivados desejados despojados
na leveza de uma flor branca terna frágil
despontada na noite das estrelas abanada pela ventania
.molhada pela chuva na madrugada fria
esvoaçando pétalas como leve neve
em cânticos de ave trémula e breve
-
este é o canto da ameixoeira em flor
-
"...para que as pessoas exaustas deste mundo,
nele possam descansar serenamente.

Finalmente, sobre esta Terra,
Será firmado o sólido
Alicerce do Paraíso.

O jardim das ameixoeiras"

[Mestre Jikan]
-
da Betty
-
.de como as palavras e as imagens podem ter o dom de marcarem a vida de alguém.
.
(para a Branca)



Manuela Baptista
Estoril, 24 de Março 2010
-
- fotos pessoais -

51 comentários:

Por toda minha Vida disse...

Boa Tarde.

Manuela que lindo e agora acompanhado de suas fotos.

Beijo

Jaime Latino Ferreira disse...

DEIXAMO-NOS


Deixamo-nos ir ao sabor
de cór sem ver aquela cor
o cheiro que é estandarte e Primavera
a anunciar que nasce e é atmosfera

Como se fosse uma cratera
ausente e que desponta no que era
botão se ergue em teu redor
que ao tempo e à casa nos dão aquela flor

Nasce sem saber mais onde pôr
do tronco nú o que impera
no firmamento azul esta quimera

Estrela que de dia pois encerra
na base dilacerado o tronco é dor
que se ergue resplandecente no teu amor


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Março de 2010

manuela baptista disse...

Renata

linda é a amizade desse lado do mar!

um beijo

Manuela

manuela baptista disse...

Jaime

estamos ensonetados?!

e que sabor têm as ameixas amarelas desta velha árvore...

Manuela

walter disse...

Manuela,

e é tão fácil ficar aqui... preso
à poesia a ganhar raízes profundas e belas, com a alma sempre a crescer por tanta primavera...

é tão fácil ficar enredado pelo canto de uma ameixoeira em flor, que pode também ser um belíssimo auto-retrato de um qualquer coração florido...

beijinho

Bloguinho da Zizi disse...

Venho sempre por aqui pra respirar fundo as histórias com mar.

Gosto muito do teu cantinho.

beijinhos

manuela baptista disse...

Walter

e as suas raízes

que desataram para aqui a crescer, a crescer... e eu já estou meia enredada nelas

como outros pelo canto e pelas suas bonitas palavras!

mas a ameixoeira é verdadeira! está lá fora no quintal e quando as flores derem frutos, estes são tão doces e amarelos, da cor do sol.

um beijo

Manuela

manuela baptista disse...

Zizi

cantinho? é mais um cantão como na Suiça! é uma terra antes de chegar ao mar...

obrigada por vir sempre aqui!

beijinhos

Manuela

Canduxa disse...

uma história de Primavera,
com flores de ameixoeira
à mistura
sendo os frutos amarelos
da cor do sol
só podem ser doces,
muito doces!

beijinho para a Manuela

Teresa disse...

Li quatro vezes os primeiros versos, de tal forma os senti como meus!
Muito bonito!

manuela baptista disse...

Canduxa

uma história de raízes, de troncos retorcidos, de esconderijos na casca de uma árvore ou dentro do nosso coração

os frutos, esses são mesmo doces!

beijinhos

Manuela

manuela baptista disse...

Teresa

e são esses, os primeiros, que andavam dentro da minha cabeça desde ontem!

mas podem ser seus!

um abraço

Manuela

ana maria disse...

De tronco e pétalas
na luz do Sol
mar e marés
nasce uma amizade
que trancende fronteiras
...

Fotos+soneto = uma primavera!


Entre sóis e luas...

Muito bonito!


Beijoquinhas


Linda Simões

ana maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ana maria disse...

O comentário eliminado foi meu, sorry!

+ Beijinhos

Linda Simões disse...

TRANSCENDE!OPS!


Beijos

manuela baptista disse...

ana maria2+eliminado1+Linda Simões 1

transcendida fiquei eu

entre sóis e luas com o brilho dos laços que unem as pessoas!

beijos Ups!

Manuela

JotaSP disse...

sábio é quem diz que o outro é sábio e o repete muito antes de ter acontecido______________________________________


assim «««

OBRIGADO

Graça Pires disse...

"este é o canto da ameixoeira em flor"
E fica no ar a inteira denúncia dos sonhos que o mutismo das árvores nos segredam...
Um beijo, Manuela.

Fragmentos Betty Martins disse...

.________querida Manuela








"...para que as pessoas exaustas deste mundo,

nele possam descansar serenamente.


Finalmente, sobre esta Terra,

Será firmado o sólido

Alicerce do Paraíso.


O jardim das ameixoeiras"


[Mestre Jikan]



...



Manuela é um prazer a sua escrita.









______________///









beijO_______ternO

Dulce AC disse...

"na leveza de uma flor branca terna frágil
despontada na noite das estrelas abanada pela ventania"

despontada num dia de Sol
serenada pela cor quente do calor
esta flor branca terna frágil logo ficará fruto tão doce
e vida nos trará de sabores únicos
sentires perfeitos
e senti-me abanada pela terna ventania de um Sol de grande aconchego

e volto de novo para lêr e sentir cada palavra Manuela (Olá)...elevadas as suas palavras
e ao mesmo tempo de tão grande simplicidade
porque o mais simples é-o sempre expressão de grandiosidade

Abracinhos de muitas cores e de muitas pétalas brancas
de bem-querer...
E a fotografia (dua) é maravilhosa...

dulce ac

manuela baptista disse...

JotaSP

...premonitoriamente

sábio______________________

um abraço

Manuela

manuela baptista disse...

Betty

bonitas palavras!

daquele que olha para dentro de si
que se contempla, para logo se abrir

alicerçando o paraíso em jardins de ameixoeiras

serenamente...

um beijo
com ternura

Manuela

manuela baptista disse...

Graça Pires

...o aparente mutismo das árvores, denunciado pelos que têm a sensiblidade para as ouvir...

um beijo

Manuela

manuela baptista disse...

Dulce, abanada pela ventania

aquecida pela generosidade do sol

simples e grandiosa

obrigada!

um beijo

Manuela

Por toda minha Vida disse...

Manuela boa tarde.

Tens noticia de Gracita, estou com saudades dela.

Beijo

Renata

manuela baptista disse...

Gracita! Renata!

é preciso alugar um barco, para se encontrarem no meio do oceano??

vá lá...

Manuela

Brancamar disse...

Manuela,

Sempre a surpreender-nos!
Gostei muito da aliança entre a "velha" ameixoeira e a nova fotógrafa...
Adoro as árvores de fruto quando floridas e um dia destes descobri como uma imagem destas pode fazer uma companhia enorme a uma pessoa solitária e doente.

Estes versos primaveris tão lindos podem bem ser um sonho, uma quimera reconfortante, traduzida assim nas palavras da "nossa Susana":

"A amendoeira em flôr que me enviou fez-me lembrar o quintal dos meus pais, onde fui pela última vez em 4 de Outubro passado, onde passei metade da minha vida e de onde tenho imensas saudades. Está no fundo do meu telefone, para que a possa ver mais vezes."

Embaciaram-se-me os olhos...

Desculpe Manuela, mas a sua fotografia e os seus versos trouxe-me à memória esta prosa, que pode parecer triste, mas que me fez sentir, como as novas tecnologias e o mundo da informática têm apesar de muito de mau, imenso de bom...
Esta caminhada conjunta que vamos fazendo por aqui é como uma bola de neve e eu que era há um ano atràs absolutamente indiferente a telemóveis com imagem, tive forçosamente que mudar de opinião, sobretudo perante textos como o que leu atràs.
Depois do telemóvel, veio a máquina digital e agora a pen bluetooth para transferir imagens.
Coisas tão simples e que podem dar côr à vida de todos nós, como esta página, que trouxe hoje um arco-íris de emoção muito positiva ao nosso dia.
Se calhar se não andassemos por aqui nada disto tinha acontecido, se calhar tivemos amigos que nos motivaram para aventuras em que ainda não tinhamos pensado. Sei de quem se faça acompanhar silenciosamente do que escrevemos e de tudo que lhes damos. Às vezes chegam ecos de pessoas que nunca se pronunciam e que não sabemos quem são e de repente se tornam nossas conhecidas, amigas até porque as tocamos por um qualquer motivo que desconhecemos.

Esta ameixoeira em flôr e estes versos podem ter mais que a beleza da sua criação, podem ter o dom de marcarem a vida de alguém que já não veja esta parte da vida há muito tempo.

E vou-me embora com esta esperança de que possamos dar sempre por aqui momentos de beleza como este.

Parabéns Manuela!

Beijinhos
Branca

manuela baptista disse...

Branca

...pelos dons que temos sem saber!

as palavras da Betty e a última foto são para si

beijinhos

Manuela

. intemporal . disse...

.

. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .
. blá, blá, blá, blá, blá, blá .

. prontus... :))) . já fiz um comentário à moda da branquinha .

. e em relação ao post: .

. "amei.de.amar" .

. as palavras poéticas .
. as fotos pessoais .
. a presença da Betty .
. a presença da Branca .
. a presença do Jaime nos comentários .
. a obra toda tanta toda ela da autoria da nossa hidro.manuela .

.

. um beijo total .

. um bom fim de semana .

.

. paulo .

.

manuela baptista disse...

blá...? piu...............

Pau-li-nho! agora______________________

é que vai apanhar...

um beijo H2O

Manuela

walter disse...

u...e tanto blá blá só para receber um beijo H2O?!
no meio de tanto blá blá o "piqueno" até que pia bem... isto sou eu mortinho de ciúmes por não ter recebido hoje um H2O de ninguém:))

Manuela Manuela e não é que eu me esqueci de lhe dar os parabéns pelas fotos magníficas?
Puxa! assim vou para o desemprego...ah ah ah

Sim, continue e vai ver que se vai tornar numa paixão, daquelas de fazer viciar a alma.

beijo grande

Bom fim de semana

Seu amiguito

Walter

sideny disse...

Ola Manuela

Bonitas fotos.

Obrigada pelo seu comentario:))

bom fim de semana

beijo

Brancamar disse...

Manuela,

Eu sou aquela das erratas,:)), no meio do blá, blá, encontrei um erro na conjugação do verbo trazer que devia ter sido no plural e ficou no singular (faz favor de para a próxima me marcar erro, senhora professora). Assim "...a sua fotografia e os seus versos trouxeram-me à memória" e não "...trouxe-me à memória...".

Aproveito para dizer que anda por aqui um menino que por estes dias tem andado divertidíssimo...e ainda bem..., nem o queira ver com a "tellha"...!

Manuela, vou pedir-lhe uma "esfregona", daquelas que anda a usar no sítio do Jaime, porque vou precisar para o mesmo efeito e também de uma das suas vassouras, ahahah.

É que naquele blá,blá,blá, o menino entendeu muito bem nas entrelinhas o que não acrescentei e vai levar porrada, vai, vai...
É só vaidade, hihi!

Finalmente, obrigada pela sua foto, é muito linda, se me permitir vou levá-la lá para o meu sítio, para junto da Susana e obrigada por me dedicar a citação deixada pela Betty, que hoje mesmo me encantou com uma outra deixada no meu sítio.

Queria ainda dizer-lhe que para além das palavras que fazem companhia e animam e que todos estes amigos da Susana lhe deixaram, muitas das imagens que acompanharam alguns dos seus silêncios chegaram até ela por culpa de alguém que me convenceu a usar estes meios em detrimento de uma certa resistência ao consumismo telefónico, eu era avessa a telemóveis com mms e tudo o mais, só agora senti, perante a Susana e apesar de ela também o ser um pouco, como alguns desses momentos foram importantes para ela, por isso quero partilhar esta dedicatória com a pessoa que indirectamente assim o permitiu.

E depois deste blá, blá, blá, aí vai mais uma babete, para o menino Paulo e ele sabe muito bem porquê...


Beijinhos
Branca

manuela baptista disse...

Walter! meu amigo do coração!

quem piou fui eu! e queria dizer chiu... para ficarmos caladinhos com medo da Branca que, pensei eu,iria bater a um cavalheiro escrevedor de blá-blás (para cima de 200)...

A fotografia é um vício sim, mas as minhas chegam lá aos calcanhares das suas?? O meu pai era um bom fotógrafo, com a sua Kodak,mas era especialista em fotografar a família.

um beijo O2 para si

Manuela

manuela baptista disse...

Sideny

bom fim de semana!

beijinhos

Manuela

manuela baptista disse...

ai! Branca,

que agora quem se perdeu fui eu! com os babetes não percebi nada...

mas já agora, eu ADORAVA ver esse menino de "tellha"!

porque de telha, já deve ser um chatarrão, mas de "tellha" :)))

Vamos lá pegar no lápis, essa novíssima tecnologia, e escrever 20 vezes a palavra correcta!

um beijo à minha amiga das erratas

Manuela

manuela baptista disse...

Branca

respondo agora: pode levar a foto para o seu sítio, claro! até me pode levar a mim (desde que não me ponha de babete...)

Manuela

Brancamar disse...

telha,telha,telha,telha,telha,telha,telha,telha,telha,telha,telha,telha,telha,telha,telha,telha,telha,telha,telha,telha - ai estes teclados!

Telha é o que o menino Paulo vai ter,quando vier aqui.
Primeiro fica "babado", depois é melhor eu fugir dele no fim de semana, mas pensando melhor vou gostar de o ver, lindo que deve ficar o Paulinho com babete...! :)))

Obrigada Manuela, a nossa menina vai ficar tão florida, ela que já é uma flôr!

Beijinhos
Branca

Brancamar disse...

telha, telha, telha, telha, telha, telha, telha, telha, telha, telha.

Ia jurar que tinha contado 20, mas afinal ainda faltavam 10, não admira, porque enquanto escrevia caiu-me aqui uma telhaaaaaaaa! :)))

Beijinhos.
Branca

walter disse...

eu morro a rir com estas duas adoráveis criaturas...
são o meu programa favorito!!

adoro adoro adoro!!!

Uma telha de chocolate para cada uma, para o Paulito só blá blá blá blá blá...

. intemporal . disse...

.

. e,,, .

. :) .

. dedonguices à parte, venho desejar.Lhe, um bom fim de semana .

. na tentativa vã da redenção .

. porque por "vezes o meu sentido de humor é tão afiado que me corto"

. :)) . [também] .

. um beijo total .

.

. um abraço ao Jaime .

.

. paulo .

.

Jaime Latino Ferreira disse...

. INTEMPORAL .


Paulo,

Para Si também um abraço e um bom fim de semana cheio de blá, blás!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 27 de Março de 2010

Brancamar disse...

Manuela, vá ver a "nossa menina", como está florida e vim cá ter direitinha...a partir da mensagem que lhe deixei.

Beijinhos.
Branca

P.S. Por concidência as letrinhas que estão aqui para eu publicar o comentário fazem sentido, "humanes", quererá dizer alguma coisa?

manuela baptista disse...

Branca3

"humanes" é uma palavra escrita por uma ou várias, senhoras distraídas e que desejavam escrever "humanos"

logo, é assim uma espécie de errata ao quadrado ou ao cubo...

Já encontrei todas as suas pistas, com excepção da história dos babetes... aí continuo em branca...

beijinhos

Manuela

manuela baptista disse...

Walter

ainda não recebi as telhas de chocolate!ou é só blá-blá??

e já agora, o meu preferido é o chocolate preto.

um beijo

Manuela

manuela baptista disse...

uiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!

que me cortei :((

um beijo redimido ao Paulo

Manuela

Lídia Borges disse...

Um poema harmonioso e delicado!

Foi um prazer encontrar este espaço.

L.B.

manuela baptista disse...

Lídia

é um prazer tê-la neste espaço!

um abraço

Manuela

*Lisa_B* disse...

Querida Manuela,
citando-a:

"deixamo-nos prender a uma ideia a uma certeza a um sentimento
e ficamos assim presos a ver passar o tempo
ganhando raízes pela terra dentro
tão por dentro e tão profundo como o início do mundo"...

Assim me deixei prender em laços de ternura e amizade neste blog de histórias com mar ao fundo e pessoas vivas e reais que por aqui passam deixando seu carinho.

Para todos deixo beijinhos e saudades...já tenho bytes "eita" ehehe mas falhou o computador.
Fui buscar hoje todo optimizado ao meu dentista ahaha pois...quando o informático não resolve levo ao meu dentista(meu afilhado) ;-)

Hoje só entrei para dizer mesmo isto li os post's atrás e faltará reler o ultimo fica para amanhã.
Preciso enviar uns e-mail's e ainda nem sei como tudo isto está a funcionar.

Espero dar noticias esta semana de como se têm passado por cá os dias sem Internet e sem computador :-( é muito triste mesmo...uma autêntica solidão até o Bruno disse isso...

Permita querida Manuela deixar beijinho para o casal mais lindo que conheço da net Lisboa e arredores :-) para a Linda S, Dulce AC, Branca, Canduxa,Paulo,Graça Pires, e todos os que aqui deixam seu carinho. Não posso hoje ir a todos os blogs mas como estive longe da net tanto tempo não queria deixar mais tempo sem noticias e meu carinho por todos.
Até amanhã...
Lisa_B

manuela baptista disse...

Lisa

vou falar consigo lá mais para cima!

obrigada pelas palavras

beijos

Manuela