SIENA QUEIMADA

Quando era pequenina, a mãe sabia sempre onde ela estava, entre os campos de milho maduro, no olival, na areia da praia, entre as ondas do mar.
Bastava situar o ponto luminoso da sua cabeleira castanha avermelhada e chamá-la baixinho, "Aurélia!".
Ela ouvia a voz de todos, mesmo que estivessem a uma grande distância ou soprasse um vento forte.
Depois de crescida as mulheres invejavam-na e os homens murmuravam:
-Com uns cabelos assim, será a perdição de qualquer um...
ou,
-Com esses cabelos incendeia a terra seca...
Morava numa casa baixa, com duas portas, quatro janelas e um enorme alpendre coberto de hera e buganvília.

Debaixo desse alpendre, uma mesa rectangular de madeira de carvalho resistia ao sol do Verão e à chuva miudinha do Inverno e era aí nessa mesa, que ela fazia as suas jóias de pedaços de pau e pedras preciosas; de tecidos e de prata; de bagas, folhas e de ouro fino, de búzios, conchas e de platina.
Nunca tinha vendido uma jóia, porque gostava de todas e de nenhuma se queria separar.
Nunca tinha cantado uma canção.
Aurélia, possuía a estranheza da luz quando penetra num rendilhado de ramos e de folhas e faz piscar e estremecer os olhos de quem a contempla.
Um dia de manhã muito cedo, um Pássaro de fogo, perseguido por um Ladrão de Penas, esvoaçou à sua volta amedrontado e trémulo.
Ela disse:
- Tu és da cor do fogo, esconde-te no meio do meu cabelo e o Ladrão de Penas nunca te encontrará.
-Viste por aqui um Pássaro? Quero as suas penas para com elas enfeitar um chapéu de senhora! -disse o homem.
-Não vi. - respondeu Aurélia.
-Estás a mentir! Roubar-te-ei as tuas jóias se não o encontrar! -gritou o Ladrão.
Então Aurélia, abanando violentamente a cabeça, fez girar o seu cabelo como uma bola de fogo e o homem afastou-se, cego de raiva e de dor.
Na noite escura, quando o silêncio invadiu a casa e o jardim, ouviu baixinho um menino a chorar e uma Mulher que dizia:
-É tão estranho este meu filho, ninguém o consegue sossegar...Pega uma jóia das tuas e faz com ela uma roca para ele brincar!
Aurélia pegou numa tesoura de bicos e cortou o seu cabelo de uma assentada, a Mulher disse "Ah! Como o pudeste cortar? Eu só queria uma roca..." e com o seu belo cabelo encheu uma almofada de branco bordada e disse:
-Brilhará na noite escura! Deita-o nesta almofada e ele não terá, mais medo de acordar.
As pessoas comentaram:
-Que loucura! Não se desfaz das jóias, mas perde a sua mais bela pedra preciosa.
-O cabelo crescerá! -respondeu.
Um ano passou e o cabelo cresceu e numa manhã clara ouviu uma Jovem triste a chamar:
-Dás-me uma jóia das tuas, porque me vou casar? Amanhã tenho uma festa e nada para me enfeitar...
Aurélia pegou na tesoura de bicos e novamente cortou o seu belo cabelo, a Jovem disse "Ah! Como o pudeste cortar? Eu só queria uma jóia..." e fiou o seu cabelo castanho avermelhado e depois teceu-o como seda pura e por fim cortou e cozeu o mais belo vestido de baile de que se ouvira falar.
As pessoas já não disseram nada mas pensaram:
-Que louca!
-O cabelo crescerá!- murmurou Aurélia.
Outro ano passou e o cabelo cresceu ainda mais brilhante e sedoso.
Num entardecer de Outono, Aurélia desenhava as suas jóias no alpendre coberto de trepadeiras e viu aproximar-se um Cavaleiro, cansado de cavalgar.
-Minha linda Senhora, eu sou um Cavaleiro, cansado de cavalgar.
Que belas jóias constróis, neste teu tecto de prata! Darás água ao meu cavalo e deixar-me-ás descansar?
-E queres tu as minhas jóias ou apenas descansar? -perguntou Aurélia.
-Quero a mais bela das jóias que aqui vim encontrar, no teu cabelo vermelho nas ondas desse teu mar, quero apenas descansar. -respondeu o Cavaleiro.
Aurélia deu água ao cavalo, sentou o Cavaleiro junto de si no alpendre coberto de trepadeiras e deitou fora a tesoura de bicos.
Ele pousou docemente a cabeça no seu ombro, sentiu o macio da seda e as ondas do mar e adormeceu cansado de cavalgar.
E pela primeira vez, Aurélia cantou baixinho uma canção.
-
Esta é uma página em Siena Queimada perplexa de mar.
-
Manuela Baptista
Estoril, 30 de Setembro 2009

59 comentários:

Benó disse...

De passagem.
Gostei de ler a Siena Queimada. Prendeu-me do principio ao fim o que nem sempre é fácil.Um abraço.
Voltarei

Jaime Latino Ferreira disse...

SIENA QUEIMADA


Cansado de cavalgar
o cavaleiro dormiu
encostado no altar
da beleza que cingiu

Sua amada deu ar
deu o repouso que viu
nas batalhas por travar
o descanso que sentiu

A vontade de cantar
que sempre e mais emergiu
da terra queimada brotar
sem ver a ponta do fio


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 30 de Setembro de 2009

Alegria Joie Joy disse...

Cara Manuela.

Presente me deste agora à noite. depois de meu jantar e quando preparo meu chá. Aurélia veio me dar esperança, luz, dizer que a história é fascinante será redundante. Eu como sua admiradora e não se trata de bajulação e sim da mais pura verdade, talento, dom , tens de sobra.

Beijo

Renata Vasconcellos

manuela baptista disse...

Benó

eu também gosto de recortar, colar, pintar e repintar, respigando...

A passagem foi boa.

Um abraço

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Jaime

castanho avermelhado
também era o cavalo
que cavalgando
fugiu

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Alegria

Afinal o chá chegou para todos à mesma hora.

Pela redundante História,

Um beijo

Manuela Baptista

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


O cavalo fugiu mas o cavaleiro não desistiu!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 1 de Outubro de 2009

Linda Simões disse...

...Sempre bom vir aqui!


Gostei muito de ler,já agora pela manhã (aqui)o teu conto,Manuela.



Jaime, és poeta.


Beijos,


boa quinta,sexta,sábado...

Alegria Joie Joy disse...

Bom dia, Manuela.

Tomei meu café com leite, e resolvi vir ler teus comentários. muita frescura este "redundante", seria mais fácil escrever excessivo, mas adoro ser pleonástica (risos), que comentário chato. Gosto de risos e este cavaleiro que Jaime incorporou, e fez de ti como sempre sua amada, lindo vê-los nesta poesia que se torna todos os dias o amor de vocês.

Beijo ao cavaleiro e sua amada.

Renata

Graça Pires disse...

Gostei muito do que li. Voltarei mais vezes.
Beijos.

Graça Pereira disse...

Manela:
Era uma vez uma menina que contava histórias de encantar... em frente ao mar,fazia manhãs de poemas e as ondas, vinham cantar a sublime liturgia das palavras... e vinha gente de muito lado, só para ouvir a menina contar histórias e descobriram que, ao som da sua voz, adubavam a esperança e que o dia, era menos triste... e virão sempre buscar luz para novos rumos, acreditando, que poderão recomeçar a qualquer momento.
E a menina continuará a contar lindas histórias...
Um beijo amigo Graça

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA


Obrigado pelo poeta!


RENATA


Um doce reclinar de cavaleiro!


GRAÇA PEREIRA


Afinal, é loba ou não é!?


Beijinhos às três, Vosso


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 1 de Outubro de 2009

manuela baptista disse...

Linda

um conto
cheira a café pela manhã
e a tertúlia ao fim da noite

o Jaime é poeta, é...

Um beijo

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Renata

eu gosto de redundante, ou palavroso!
Excessiva e extraordinária é a vida.

Ih!Ih! mas que presunção a minha...

Beijinhos

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Graça Pires

e,

este caderno de desenhos
gosta de ser lido!

Um beijo

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Graça Pereira

É verdade!

Imaginei aquela sua praia no Indico e nós todos, os pés enterrados na areia, naquela hora mágica do dia em que o tempo parece parar, misturando palavras e afectos, contando e ouvindo histórias...

Bonito!Vamos lá?

Um beijo

Manuela Baptista

casos e acasos da vida disse...

Belíssima história. Gostei muito, estou sempre a precisar que me contem histórias, mas boas histórias.
Obrigada por teres aparecido no meu blogue e ter deixado uma graça.
Bjs

manuela baptista disse...

Filomena,

minha querida e ausente Amiga

estou certa de que Aurélia, a que ouve tudo o que lhe dizem mesmo se balbuciado baixinho e muito longe,

pegará novamente na sua tesoura de bicos e cortando a sua longa cabeleira castanha avermelhada, encherá com ela duas almofadas de renda branca e um colchão.

Com eles, qualquer Princesa mais sensível não sentirá a mais pequena das ervilhas e dormirá descansadamente.

Nós por aqui, desejamos que fique bem e vamos-lhe surrurando cantares de amigo. Ao longe, mas sempre perto.

Um beijo

Manuela Baptista

http://filomena-emsegredo.blogspot.com/

Filomena disse...

Manuela,

Estou certa que sim.

Obrigada


Filomena

Chris disse...

Seina Queimada - é empolgante na leitura... obrigada.
Bjs
Chris

Canduxa disse...

Deixei-me embalar pela doce história de Siena Queimada.
É mágica e me fez pensar...vou agora dormir para poder sonhar.
Deixo aqui uma estrelina, daquelas que brilham sempre, para que continue a ter inspiração.

Meu beijinho de luz

Fabiana disse...

Delícia vir aqui, Manu!

bjo com carinho.
Bia.

manuela baptista disse...

À Filomena

é mesmo sim!

um beijo

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

À Chris

obrigada pela espreitadela...

um beijo

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Canduxa

apanhando a estrelinha da inspiração

envio-lhe um beijo
com a outra mão!

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Bia

delícia ter-te aqui

um beijo

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Casos

no meio de tanta manuela baptista disse...

finalmente reencontrei a Senhora à janela.

Obrigada pelas palavras e pela presença

Um beijo

Manuela Baptista

Graça Pereira disse...

Hoje, é só para te deixar um beijo e os votos de um fds prolongado muito feliz Graça
Diz ao Jaime que eu sou leoa e ontem o meu clube ganhou!!!

manuela baptista disse...

Obrigada Graça!

Ah! Os leões andam por aí...
Nós conhecemos via internet e depois pessoalmente, a sósia mais antiga do Sporting com 85 anos que todos os dias me envia uns 25 mails!

Está sempre presente em todos os jogos com um cachecol enorme, quer dizer, ela é que é muito pequenina, mas tem cá uma garra!

Tem uma casa cheia de Leões e só não se entende com os blogs porque se o conseguisse, ia tê-la à perna a toda a hora...

Um beijo

Manuela Baptista

Graça Pereira disse...

Manela
Salada, aceite! Eu gosto de tudo que seja verde!!
Mas tb posso levar uns bifinhos á "Meireles"... o pior são as calorias mas, que são bons,são!
Vai ser o nosso jantar:bifanas c/ salada...
Deixo-te um beijo Amigo.
Graça

manuela baptista disse...

Bom apetite, Graça!

E bom fim de semana.

Um beijo

Manuela Baptista

Alegria Joie Joy disse...

Boa tarde e aí boa noite.

Vou ser sincera, gostar, gostar, não muito, existem ainda tantas emergências no Brasil,e teremos uma copa em 2014 e Olimpíadas em 2016. Mas não temos saneamento, escolas públicas caindo aos pedaços e seus professores com salário de fome, desemprego, sêca, agora também vieram os tornados e pessoas desabrigadas. Ficaria mais orgulhosa se tudo isto fosse resolvido antes de qualquer festa.
Por isto odeio POLíTICA. E menos entendendo o povo.

manuela baptista disse...

Alegria

Era o que eu pensava que estaria a pensar...

O Brasil é enorme, mas desenvolvendo um Estado, os outros também beneficiam.

beijos

Manuela Baptista

Alegria Joie Joy disse...

Querida Manuela.

Não se trata de favorecer a um, mas nosso país é muito carente, imenso e ainda pobre, o dinheiro das obras acabará por piorar tenho certeza a saúde que anda bamba das pernas, aqui as pessoas morrem no chão em hospitais, é cruel. O Brasil que aparece na tv é só uma ponta do iceberg colossal que avança. Crianças morrem de desnutrição, e nosso presidente que veio deste chão sêco do sertão, passa a imagem do feliz e de que tudo melhorou, houveram melhoras mas tanto ainda se tem a fazer, do que adianta dar um passo a frente e depois recuar dois.

Mas enfim o povo se alegra com um salário mínimo, em euro deve dar mais ou menos 173,00 euros para uma família de as vezes 4 pessoas.
Você sinceramente acha que o povão deveria estar feliz?

Beijos minha amiga.

Jaime Latino Ferreira disse...

RENATA VASCONCELLOS


A minha Amiga desculpe-me lá meter-me ao barulho entre as duas mas esta coisa do desenvolvimento e não há desenvolvimento sem adequadas políticas pelo meio e quer queiramos quer não, não é linear, processa-se por avanços e recuos relativos e, às vezes, não há nada como ver as coisas à distância, de fora ...

Nós que pertencemos à União Europeia, que julga, que não temos miséria entre nós!?

E, no entanto, que enormes progressos registámos desde a Revolução do 25 de Abril de 1974!

Dir-me-á e muito bem, que enquanto houver uma pessoa que seja a passar fome algo vai mal mas, o Brasil ...!

É certo que conhece os maiores contrastes entre ricos e pobres, quem sou eu para o negar!?

E no entanto é uma daquelas potências emergentes que se afirma, todos nos damos conta disso, na arena internacional!

Ser anfitrião da Copa e das Olimpíadas, factos pelos quais A felicito, são bem reveladores da sua emergência e de quanto, tendencialmente é certo mas já é alguma coisa, tal poderá vir a concorrer para o bem estar do Povo:

Repare que só em construções e em recuperação dos espaços envolventes dessas realizações é mais oferta de trabalho que surge em benefício daqueles que dele precisam!

Mas as contrapartidas em benefício do Povo vão muito para além disso!

E a projecção só do nome do Brasil ...!?

Pode parecer-lhe que não mas beneficia-lo-á, tenho a certeza.

Ai se com um estalar de dedos todas as carências podessem ser resolvidas!

Aprecio a sua dor solidária para com os Seus mas, às vezes, as coisas são, de facto mais complexas e sendo-o, as oportunidades que ao Brasil vão sendo reconhecidas, em nome do bem estar geral, não devem ser desperdiçadas sob pena de, se as coisas ainda vão mal, pior ficarem!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Outubro de 2009

Alegria Joie Joy disse...

Manuela e Jaime, meus queridos.

Peço que perdoem, as vezes minha revolta toma o lugar da razão e acabo falando (aqui escrevendo), mais do que devia, afinal as vezes ser do contra é chato. Olimpíadas assim seja.

Beijos.

Renata

Jaime Latino Ferreira disse...

RENATA VASCONCELLOS


Boa Amiga,

Ainda bem que não perdeu a capacidade de se indignar, não se desculpe por tal ...

A indignação é sinal de que não andamos por aí indiferentes a tudo e ainda mais às injustiças!

Todos temos e a minha Amiga porque não, o direito à indignação.

Só Lhe fica bem!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Outubro de 2009

manuela baptista disse...

Ó Alegria!

Pedir desculpa por ter opinião!!

Quando foi do nosso Euro 2004 e se construiram dezenas de estádios, que hoje estão subaproveitados, eu também pensei que esses milhões deveriam ter sido entregues para a luta contra o cancro, por exemplo.

E no entanto nesses estádios deveriam funcionar actividades desportivas ou programas para os jovens, que são às centenas sem escolaridade e ocupação, a não ser a marginalidade e o crime.

Eu sei muito bem que no Brasil, quem não tem um bom seguro de saúde não tem o direito a ela.

Por isso é bom não calar as vozes que se levantam e lutam.

Muitos beijinhos

Manuela Baptista

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Se me fizeres o favor diz à Graça Pereira que se me meti com ela foi por causa de ter falado em covil ...!

Para mim, covil pedia lobo ou loba, não sei, até posso estar enganado!

Seja como for, agora que sei que a Graça, afinal, é Leoa, até fico mais descansado ...

Saberá Ela que, por afinidade, também o sou!?

Manda-Lhe um beijinho da minha parte, um beijinho e um rosnar sonante, tipo Metro Golden Mayer!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Outubro de 2009

manuela baptista disse...

Ó Graça

venha cá comentar este Leãozinho...

Manuela Baptista

Graça Pereira disse...

Manela:
Eu já me tinha apercebido que havia "leão" na história... Estes,os leões,recomhecem-se... têm um faro apurado...que últimamente não anda lá muito apurado pelas zonas de Alvalade!! Melhores tempos virão!Mas o Jaime tambem acertou porque a famosa Metro Golden Mayer, tambem é minha!!! Claro! Sou sua proprietária, senão repara no meu nome MGM (Maria da Graça Machado - meu nome de casada). Eu, é que não gosto de propagar muito...por causa dos impostos!!!
Para os dois ,um beijão grande e um domingo...com delícias!!!! GRaça
em

Jaime Latino Ferreira disse...

MGM


Ah ...!

... se eu fosse o leãozinho ( salvo seja! ) da Metro rugia-Lhe com toda a garra:

- IRS!!!

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Outubro de 2009

Fernando Christófaro Salgado disse...

Olá Manuela,

Estou te ofertando um selo em meu blog!
Chama-se "Prêmio Dardos"!
Quando puder passe lá para pegá-lo, ok?

Abraços,

Fernando C. Salgado.

Graça Pereira disse...

Manela:
Tinha de fazer esta pequena homenagem ao Rocky. O meu coração pedia-o e afinal, descubro que,no Dia Mundial do Animal, há muita gente sensível.
Tens razão Manela: será que os cães, não vão para o cèu? Se assim fôr, ele está feliz ao pé do dono, lambendo-lhe as mãos e a dizer-lhe:"Dono, até que enfim que estamos juntos".
Para ti e Jaime, uma semana feliz com este feriado a abrir a porta. Um beijo Amigo Graça

manuela baptista disse...

Graça

e pensar que Salvaterra de Magos descobriu agora a sua tradição americana para os Rodeos...

S.Francisco de Assis sabia a linguagem dos lobos, mas dos verdadeiros.

Beijinhos

Manuela Baptista

Alegria Joie Joy disse...

Bom dia, Amiga.

Estou com problemas de conexão, no país das Olímpiadas a internet é movida a manivela, portanto não sei resolvo nesta segunda feira ou se ficarei sem sinal.

Um Beijo e tenha uma ótima semana.

Renata

Fabiana disse...

Manu, voltei de novo...só para ler tudo outra vez!


bjos, bjos!

manuela baptista disse...

Alegria e Bia

voltem lá outra vez!

Beijos

Manuela Baptista

Tentativas Poemáticas disse...

Cara amiga
Conheci-a através da querida Maria Emília. E ainda bem!
As suas histórias são maravilhosas.
Comovi-me, obviamente, por ter escrito a "Siena Queimada" pensando na Isabel Monteverde (Artista Maldito).
Bem-haja.
Muito obrigado.
Abraço com ternura.
António

Linda Simões disse...

O Analfabeto Político

"O pior analfabeto é o analfabeto político.
Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos.
Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão,
do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio
dependem das decisões políticas...."

Jaime,Manuela

...Ontem estávamos estudando sobre política,na sala do 3 ano médio.Muitos entenderam o que é política,outros,não...

Sempre em frente.


Beijos

manuela baptista disse...

António

A sua presença sensibiliza-me.

Aqui ninguém sabia que eu me inspirara nuns belos cabelos ruivos.

Porque respeito a privacidade de quem, embora andando por aqui, eu de facto não conheço!

Sabe, preciso de relâmpagos de cor ou de penumbra, frágeis quase inexistentes, para construir estas histórias.
Por isso quem, ou o que, me inspira tem metade do talento.

Um abraço

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

A Linda

tem o condão de aparecer quando eu já não a espero, o que faz de mim um pouco, analfabeta política!

Os políticos deveriam surpreender e ser surpreendidos.

Um beijo

Manuela Baptista

Linda Simões disse...

Não és analfabeta política,Manuela,sabes disso. Então não me esperavas?

rsrsrs


E não sou a menina que anda por todos os lugares?



rsrsrs



Beijinhos

ARTISTA MALDITO disse...

Siena Queimada lembra-me a minha amada Pintura, donzela de igual beleza à da Poesia, porque sem as duas me seria impossível olhar o mundo.

O meu abraço, prolongado na união de histórias cruzadas,
Isabel

manuela baptista disse...

Claro que esperava, Lindinha!

Um beijo

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

À Isabel,

artista maldito

que se cruzou comigo entre uma pincelada e um poema

um abraço

Manuela Baptista

mariabesuga disse...

estas minhas palavras são do encantamento na perplexidade dos sentidos, os meus...

Maria Emília disse...

Melodias da canção de Aurélia entoaram em mim, nesta ausência. Obrigada Manuela.
Um beijinho,
Maria Emília

manuela baptista disse...

Um beijo para si também, Maria Emília!

Manuela Baptista