SEM AÇUCAR COM AFECTO

-Que loucura! -disse a Página com olhos de espanto perante tamanha ousadia.
-Loucura? -repetiu o Blog irritado -Pois eu digo mais, acho francamente ofensivo falar de cebolas, alho e refogado aqui neste espaço!
-Um espaço para histórias, de preferência depressivas ou daquelas que ninguém entende, mas azuis da cor do céu e do mar! -continuou a Página e tão zangada estava que se virou de repente sem ninguém lhe mexer.
-Pelo menos desta já me livrei!-resmungo entre dentes.
-Ouvi-te muito bem! E para que saibas vou-me também embora, procurar um sapo, que em matéria de verdura deve ter mais critério do que tu! -gritou o Blog fechando malcriadamente o visor.
Agora que estou sozinha e calei os grilos falantes politicamente correctos, aqui vai para a Nini e para todos os que gostam de Mar.

Delícias do Mar Gratinadas
-
Ingredientes:
-1, 2 ou 3 embalagens de delícias do mar desfiadas (das que se desfiam e são mais caras, porque não quero fazer publicidade)
-cebolas
-alho
-azeite
-tomate saloio muito maduro ou polpa de tomate
-1 malagueta, para quem gosta do fogo
-1 ou 2 pacotes de natas (líquidas)
-queijo emmental ralado
-sal e pimenta
NOTA: 1, 2 e 3 significa que não sei quantas pessoas irão jantar a vossa casa e nesta receita o vosso bom senso e experiência devem prevalecer.
-
Desenvolvimento:
-refogam-se no azeite: as cebolas picadas, o alho e a malagueta
-deita-se o tomate desfeito ou a polpa de tomate e deixa-se apurar
-deitam-se as delícias do mar desfiadas; mistura-se muito bem, tempera-se com sal e pimenta
-no final deitam-se as natas, mistura-se bem, rectifica-se o tempero e não se deixa ferver
-Deita-se a mistura num pirex, cobre-se com o emmental ralado e vai ao forno (médio) a gratinar.
Tempo no forno: avaliem se faz favor, mas não deixem secar, deve ficar ligeiramente gratinado, mas molhadinho.
Sirvam com arroz branco, feijão verde ou com o que inventarem.
Aviso-os, que a foto não corresponde minimamente a Delícias do Mar Gratinadas, mas foi o mais parecido que encontrei.
-
-
Esta é uma página que me virou as costas e onde se dá conta que convidar alguém para a nossa mesa, é como contar-lhe uma delícia de história.
-
Com afecto,
Manuela Baptista
Estoril, 15 de Setembro 2009

34 comentários:

Jaime Latino Ferreira disse...

POSSÍVEL CONTINUAÇÃO


Oh página, grita-lhe então e ainda com mais força o blogue, grilos falantes e politicamente correctos me saíste tu, chanfrosa grilada de receita gratinada!

Gratinada, eu, responde-lhe de língua afiada a página, arremesso verdejante ... que desplante!!

E envolveram-se os dois numa luta reboliça que dos verdes prados saposos os arrastou até ao mar onde mergulharam orgulhosos num caldo que depressa se tornou verde.

( A minha mulher, que também prepara excelentes sopas, ao caldo verde também se abalança e de que maneira! )


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Setembro de 2009

Linda Simões disse...

Manuela,estou aqui,deste lado do mar,com água na boca!Ainda bem que te pediram a receita! rsrsrsr


Beijinhos,


aos dois!

manuela baptista disse...

Linda

Espero que por aí também existam as delícias do mar, as de mastigar claro...

Beijinhos

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Jaime

Eu hoje vi o mar de relance, mas de facto tinha uma cor estranha.

Daí a afogares os personagens...francamente!

Agora vou ver os Gatos Fedorentos e volto já.

Manuela Baptista

Ana Cristina disse...

Manela

Enquanto espero pelos gatos fedorentos ;) aqui vai um obrigada a esta página tão saborosa e afectuosa.

Depois informo se as delícias ficaram mesmo deliciosas cá por casa.

Beijinhos.
Nini

. Paulo . Intemporal . disse...

. do diálogo que se encerra no des.cerrar de dentes ávidos por sabor .

. original.íssimo.

. um beijo meu .

manuela baptista disse...

Ana

É verdade, as delícias sentem-se melhor numas casas do que nas outras!

Os gatos foram-se, a Manuela também e fico eu que lhe dou uma grande abraço

Manela

manuela baptista disse...

Paulo

para jantar há sempre lugar no coração

é só enfeitá-lo de canela e noz moscada com uns salpicos de gengibre

depois pintamos um quadro

Com afecto

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Ana Cristina

o que lhe dou é UM abraço!

Mas para não me enganar o melhor é dar-lhe dois...

MB

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Afogar-te os personagens, ai isso é que não e cito-me:

( ... ) onde mergulharam orgulhosos num caldo que depressa se tornou verde.

Acaldeiraram-se verdejantes, isso talvez!

E envolveram-se numa luta, não vês aí a metáfora de um enlace amoroso, eu vejo!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Setembro de 2009

Brancamar disse...

Deliciosa como sempre Manuela, quer o diálogo entre a página e o blog, quer a receita e o seu talento também.
Obrigada pelo convite para uma tão boa mesa, cheia de histórias com afecto.

Vim para comentar a história anterior, que já tinha lido e acabei por fazer dois em um.
Os dois posts tão diferentes e tão interessantes!
Parabéns.
Beijinhos
Branca

Alegria Joie Joy disse...

Manuela Chef.

Como sempre você e suas surpresas, todas sempre deliciosas, que blogue chato, nem ouve o que te disse (risos), vou fazer tua receita com todo carinho, e pimenta tenho no jardim, que bom ter você aí na terra de meus avós a passar esta receita.

Mil beijos e aqui fico com gosto de mar ao fundo.

Renata Vasconcellos

Graça Pereira disse...

E eu a pensar: como e que a Manela consegue gratinar as delícias???
Imaginava-as em fila, arrumadinhas prontas para o pelotão de fuzilamento... e andava com esta dúvida na cabeça. Hoje, que cheguei a casa com um forno novo (o outro pifou... é o que têm as coisas!) pensei na tua receita e vai daí vim aqui ao "teu mar" para te perguntar e eis senão quando (fiquei com esta expressão do Tolentino) a vejo ( a receita) pespagada no teu blog!! Amanhã já a vou fazer. (Aqui, para nós, não sabia que havia delícias de 1ª e de 2ª). Depois conto-te como me saí... Vem aqui uma pessoa deliciar-se(aqui é tudo delícia) com histórias e ainda leva receitas para casa!!.Conclusão: Blog RECOMENDADO!!! Beijocas Graçaelima

manuela baptista disse...

Perguntando à Brancamar

Sabe que este seu heterónimo tem andado aqui aos saltos na minha cabeça?

Adoraria escrever uma história de Branca e do Mar, ou este nome tem para si algum significado especial?

Como sabe, eu sou um ladrão...

Um beijinho

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Pimenta

Dá gosto à vida,
transforma os blogs chatos e insossos, em blogs espevitados.
Realça as delícias e faz arder e o que arde cura.

Alegria

Muitos beijinhos da terra dos seus avós

Manuela Baptista

Linda Simões disse...

Manuela,aqui tem sim,delícias do mar...

Vou tentar fazer,já que não sou boa em assuntos assim,extraordinários...rsrss


Mas,caso não consiga (rsrsrs),lá em Olinda tem uns restaurantes que oferecem delícias do mar...Ah!Que delícias...



Beijinhos,beijinhos

manuela baptista disse...

Graça

Dissiparam-se as dúvidas e apenas ficou esta incontornável, de saber se existem delícias de 1ª e
de 2ª...Claro que existem! As coisas deliciosas não são todas iguais.

Eu referia-me àquelas que não são cilindros e vêm numa massa única, como dedos entrelaçados.

Isto está giro! O que dá não querer falar em marcas, esta dos dedos entrelaçados é digna de um poema.

Bora lá pôr o forno ao poder, que mais coisa menos coisa há-se sair bem!

Beijinhos

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Linda

Eu cá para mim o Brasil tem tudo!

Que saudades do pão de queijo

e do churrasquinho

e do feijão preto e da couve mineira

e daqueles restaurantes populares que só servem camarão frito e batata frita!

Ponham as delícias de molho e vamos mas é comer uma fritada!

Um beijinho

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Para a Eliane

que me fez companhia nos trilhos da noite e que foi ultrapassada pela loucura de um blog esfomeado

uma saudação especial e um abraço

Manuela Baptista

Filomena disse...

Manuela!

Uma bela refeição com mar ao fundo!

Vou experimentar a receita neste fim-de-semana.

Lambo os beiços até lá!


Beijinho


Filomena

manuela baptista disse...

Ó Filomena,

deixei recados para si em todo o lado e afinal encontrei-a aqui!

Beijinhos

Manuela Baptista

Jaime Latino Ferreira disse...

DEDOS ENTRELAÇADOS


Dedos entrelaçados
são aos bocados
molhados
delícias
são dedilhados
receita
sem maus olhados
é pesca nova
do mar
que nos canta lindos fados


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 16 de Setembro de 2009

Alegria Joie Joy disse...

Boa Noite, minha cara Manuela.

Estou rindo até agora, foi muito engraçado saber de seu Jaime, é marido, fiquei muito feliz, e eu falando da sua receita e dizendo que meu pai fazia caldo verde.

Adoro vocês dois. Pena meu marido não ser um bloguista para poder fazer uma graça.

Beijos aos dois.

Renata

manuela baptista disse...

Renata e Jaime

Que tal amanhã repescarmos a receita do caldo verde?

O seu marido, Renata é que tem razão, porque isto dos blogs dá cá uma trabalheira!

Até amanhã,

Abraços

Manuela Baptista

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Eu não sei mesmo se o caldo verde assim como as delícias do mar não dão ainda mais trabalho ...!?


RENATA VASCONCELLOS


Ria-se, ria-se que eu ainda vou fazer queixas a Seu pai!

Beijinhos às duas e muito boa noite


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 17 de Setembro de 2009

Linda Simões disse...

...Jaime,já que falou em fados...


Marisa canta fados lindamente!


...Manuela,no Brasil tem uma misturada boa,mesmo!

rsrsrs


Beijinhos aos dois!

Linda Simões disse...

...Jaime,já que falou em fados...


Marisa canta fados lindamente!


...Manuela,no Brasil tem uma misturada boa,mesmo!

rsrsrs


Beijinhos aos dois!

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Minha Amiga,

Pois é ... o fado!

Há muito boas cantadeiras, fadistas mas aqui, utilizava a expressão, como sabe, em sentido mais lato, o do destino, desidério e logo aqui, já há uma misturada muito grande ...

... não espanta, por isso, que tudo se reflicta, depois, na culinária, por todo o lado e no Brasil e em Portugal também!

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 17 de Setembro de 2009

Alegria Joie Joy disse...

Bom dia minha amiga. Manuela.

Falaste da couve mineira, sou das Minas Gerais, vim cá para Pernambuco já adulta, o Brasil é uma mistura de temperos e etnias, cada ESTADO tem seu toque, e a culinária é riquíssima em histórias. Eu como sou descendente de portugueses adoro Bacalhau, caldo verde, vieiras, sopa de joelho de porco e tudo que a culinária portuguesa tem. Meu marido foi a Portugal no inverno, e como marinheiro de primeira viagem saiu a passear e ficou constipado, o dono de um restaurante em Lisboa serviu sua sopa de joelho de porco e vinho quente. Até hoje ele fala disso sempre que falo em Portugal.

Beijos

Renata do outro lado do mar.

manuela baptista disse...

Renata de Minas

Ouro Preto é por aí, penso eu, muito bonito!

Quanto à sopa de joelho de porco não sei o que é, mas tudo o que meta articulações e entranhas faz-me muita confusão...

Talvez seja um prato chamado "pézinhos de coentrada".

A propósito, vou jantar que esta página só me dá fome.

Um beijinho

manuela Baptista

Brancamar disse...

Boa noite Manuela,

pode "roubar" o que quiser de Branca e do Mar. Na partilha saem sempre bons momentos.

Quem sabe adivinha o significado especial do heterónimo?

Beijinhos
Branca

Alegria Joie Joy disse...

Passei para deixar um Oi, e melhor nem me demorar acho que cada vez que aqui passo engordo uns quilos, seria muito a receita do caldo verde, Senhora Manuela. Por isso que adoro você e seu espaço.

Renata Vasconcellos.

P.S E engorda bastante Jaime. (risos)

manuela baptista disse...

Branca

Adivinhar não é o meu forte, inventar é!

Logo se verá...

Beijinhos

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Renata

Caldo verde? Lá mais para o Inverno (nosso) porque é bom muito quentinho...

Beijinhos

Manuela Baptista