o visitante





Passou um rei e largou-o no parapeito da janela. O gato, habituado aos habitantes secretos do jardim, olhou-o, virou-se para o outro lado e adormeceu. Dei-lhe migalhas de pão e sementes de sésamo e ele saltitou. Não sei se possui sangue azul ou vermelho ou sequer, se é um pássaro.





8 comentários:

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Também pouco importa se sabes ou não sabes, o que importa é que tendo-o alimentado, saltitou e ninguém lhe fez mal.

Bravo, sempre bravo e estimulante!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 8 de Janeiro de 2017

Beatriz disse...

Aposto como é um pássaro de linhagem nobre, pois já cativou até o gato!

Um grande beijinho Manuela <º(((<

Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com

Marcos Satoru Kawanami disse...

Ainda bem que o gato não foi atrás dele.
O desenho ficou gracioso, passarinho simpático.

=)

Olinda Melo disse...


Um visitante e como tal foi bem tratado, como a manda a etiqueta.

Desejo-lhe um Feliz Ano de 2017!

Bj

Olinda

Rogerio G. V. Pereira disse...

Olha bem
Se tiver asas... sou eu

Graça Pires disse...

Se um rei o trouxe é porque tem nobreza. Até o gato a reconheceu. E é um encanto, Manuela.
Uma boa semana.
Um beijo, minha Amiga.

Luis Alves da Costa disse...

É lindíssimo, é uma boa entrada em 2017. Pairam por aqui, sobre os bonsai, dois pequeninos verdes, cujo nome ignoro, mas certamente procuram um mundo miniatura onde existir :-)

Maria Eu disse...

É uma dádiva, como este teu recanto de beleza sem par!

Bom ano, Manuela, com muita luz, cor, e palavras que nos encantem. :)