sem palavras





























22 comentários:

Jaime Latino Ferreira disse...

zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz!

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Libelinha lá vai ela
voa do cravo à lapela


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 28 de Abril de 2013

Rogério Pereira disse...

A música sugere
que o voo é suspenso
A libélula procura a flor onde pousar

Ou sugere-me que lhe de um cravo
trazido de outro lugar

. intemporal . disse...

.

.

. poesia visual . :))) .

.

. não é para todos . felizmente .

.

. 100 palavras .

.

. íssimo feliz .

.

.

Kika disse...

Kriu?

Chamasse-me eu Kika da "Cunha" e serias já premiada!

Kriu!

disse...

Libelinha diz-me tu, quantos sobrenomes tens tu...

Vitor Chuva disse...

Olá, Manuela!

Será saudação muda à Primavera, que finalmente parece ter chegado...?
Mas libelinhas não falam, e eu estou para aqui encravado...
O que ainda assim não me impede de afirmar, com convicção, de ter gostado.

Abraço amigo.
Vitor

Nilson Barcelli disse...

As libelinhas são lindas... e dispensam palavras.
Tem um bom resto de domingo e uma boa semana, querida amiga Manuela.
Beijo.

Elisabeth Candina Laka disse...

Hermoso silencio
Un abrazo

Luis disse...

Palavras para quê? :-)

La rose est sans pourquoi :-)

Graça Pires disse...

Passaram por aqui os anjos...
Um beijo, Manuela.

Fernanda disse...

Ainda assim belo !
Um beijo

ki.ti disse...

tás muda ou quê?

disse...

Quem não escreve, apodrece!

MA.CÃO.BA!!!

ki.ti disse...

ão,

ão!

Isa Lisboa disse...

Nem são necessárias...! Lindo!

beijo, boa semana, Manuela

Isa Lisboa
=> Instantâneos a preto e branco
=> Os dias em que olho o Mundo
=> Pense fora da caixa

Graça Pereira disse...

Gosto das libelinhas...trazem-me notícias de todo o lado e depois...no silêncio das palavras, encontro todas as respostas que preciso.
Beijos de sol.
Graça

© Piedade Araújo Sol disse...

um voo em liberdade

beijos

Filomena disse...

Libelinhas...

As minhas preferidas


Um beijo esvoaçante


Filomena

Silenciosamente ouvindo... disse...

As libelinhas e a música m encantaram...
Desejo que esteja bem.
Bom fim de semana.
Beijinhos
Irene Alves

Rita Freitas disse...

E o silêncio das libelinhas também fala.
Bjs

Mz disse...

Esguias.
Coloridas.
Em danças traçadas.
Quanto silêncio,
Num zunido de asas.


Para ti

Manuela,

pela minha ausência,

este poema

escrito à pressa


Agora vou ler as tuas histórias.
Até já.